Header Ads

Caixa quer tornar crédito imobiliário menos burocrático

Ao longo deste ano, a Caixa deve aplicar cerca de R$ 85 bilhões
em habitação. FOTO: HONÓRIO BARBOSA
A Caixa Econômica Federal quer modernizar e desburocratizar o financiamento imobiliário no Brasil. Para isso, começou a desenvolver este ano um projeto que vai permitir ao cliente ter acesso ao serviço via celular. A previsão é que a ferramenta seja finalizada e disponibilizada ao público até o fim de 2019.

"Vários testes estão sendo feitos este ano pela Caixa e acreditamos já ser possível realizar o financiamento imobiliário pelo celular, pela internet, a partir do segundo semestre do ano que vem", estima o vice-presidente interino de Habitação da Caixa, Paulo Antunes de Siqueira, ressaltando que o prazo estipulado é "conservador".

Com essa previsão, a novidade poderia ser disponibilizada antes mesmo do prazo padrão, anunciou Siqueira ontem (6), durante o 27º Congresso Nacional de Corretores de Imóveis (Conaci), no Centro de Eventos.

Ele veio a Fortaleza falar para mais de 600 corretores de imóveis de todo o Brasil sobre "Crédito e Financiamento Imobiliário", representando o presidente da Caixa, Nelson Antônio de Souza.

Questionado sobre o tipo de plataforma de acesso, se funcionará exclusivamente no site da Caixa ou por meio de um aplicativo específico, garante que vai se configurar em "todos os meios disponíveis e possíveis". "Eu diria que a esteira está pronta, só que precisamos testar a modelagem (do projeto) com bastante tranquilidade porque trata-se de crédito imobiliário e isso tem uma magnitude em todo o País".

A instituição bancária já oferece outros vários serviços de habitação acessíveis pelo celular e também pelo site, como a mudança de data de pagamento do financiamento, amortização de parte do saldo devedor, emissão de boletos, e até mesmo a simulação do valor pelo cliente para saber se o financiamento cabe ou não no seu orçamento.   (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.