Header Ads

Ciro dá entrada em hospital em São Paulo


O candidato do PDT ao Planalto, Ciro Gomes, de 60 anos, deu entrada, no fim da tarde desta terça-feira, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para exames e "procedimento de cauterização de vasos da próstata", que foi realizado "com sucesso pelo médico urologista Miguel Srougi", segundo nota divulgada pela campanha do ex-governador do Ceará. Até 21h15, ele ainda não tinha sido liberado pelo hospital.

"Por um procedimento simples, Ciro Gomes poderá retornar às suas atividades o mais breve possível", informou o comunicado, nesta noite. Procurado pela reportagem, o hospital não se manifestou oficialmente. O irmão dele, Cid Gomes, confirmou a situação de saúde do presidenciável ao Sistema Verdes Mares: Ciro sofreu "pequenos sangramentos na próstata que foram cauterizados em procedimento pela uretra" e que "ficará até amanhã de repouso".

Mais cedo, o presidente do PDT, Carlos Lupi, informou ao jornal "Folha de S.Paulo" que Ciro sentiu dores na perna e fez uma radiografia. Segundo  Lupi, Ciro já sofreu uma contusão na perna e o esforço dos últimos dias de campanha teria provocado o problema. A agenda do pedetista tem sido intensa: só nos últimos quatro dias, Ciro esteve em nove estados e no Distrito Federal.

Pela manhã, Ciro esteve no Rio de Janeiro e fez uma caminhada em Duque de Caxias.  A assessoria de Ciro confirmou que a agenda do candidato para quarta-feira está mantida, até o momento, incluindo a participação no debate dos presidenciáveis, na sede do SBT, em Osasco (SP). 

Ciro aparece em terceiro na última pesquisa Ibope, divulgada na segunda (24), com 11%, empatado tecnicamente com Geraldo Alckmin (PSDB), com 8%, e 11 pontos atrás de Fernando Haddad (PT), com quem disputa o eleitorado de esquerda.

Haddad, oficializado como candidato há duas semanas, ultrapassou rapidamente Ciro no período.             (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.