Header Ads

Desfile cívico reunirá 13 fanfarras de escolas de Juazeiro


Luiz Gonzaga e Luiz Fidélis serão homenageados
pelas fanfarras. FOTO: Reprodução
Em Juazeiro, o Desfile Cívico Militar deste ano contará com a participação de 13 fanfarras que animarão o público com coreografias e um repertório variado. A exemplo do que aconteceu no ano passado, as apresentações serão divididas em dois momentos. A concentração dos grupos militares, paramilitares e fanfarras será na Rua São Pedro, entre a Pio X e a Leão XIII, o palco com as autoridades municipais será montado em frente à Praça da Prefeitura Municipal. Segundo os organizadores, o desfile terá início às 8h. 

As fanfarras desfilarão, inicialmente, ao som de músicas cívicas e, em seguida, um repertório variado. “Da Rua Pio X a Rua Santa Luzia, todas as fanfarras desfilarão com músicas cívicas e toques militares. Após a Santa Luzia, as escolas serão dispersadas e começará o segundo momento, onde as fanfarras poderão tocar um repertório variado até a Praça Padre Cícero. Este ano, as fanfarras vão homenagear Luiz Gonzaga, Luiz Fidélis e outros nomes da cultura nordestina. Será um evento muito bonito e organizado”, explica Everaldo Dantas de Sales, presidente da Liga de Fanfarras do Ceará (LFC). 

A fanfarra Moreira de Sousa (Fanmosa) homenageará o maestro Alexandre Magno, que morreu vítima de um acidente em 2017. “Será um desfile emocionante e, com certeza, a emoção tomará conta da Rua São Pedro. Em quatro atos, vamos contar um pouco da história do nosso maestro Alexandre Magno. Estamos com um ritmo intenso de ensaios, que acontecem às segundas, quartas, sextas, sábados e domingos, e queremos surpreender o público com mais uma apresentação belíssima”, diz o regente da Fanmosa, Francivaldo de Oliveira. 

A banda da escola Tiradentes também homenageará Alexandre Magno. “O nosso tema é Romeu e Julieta, mas também vamos homenagear o maestro Alexandre Magno, que deixou um legado não só para o Moreira de Sousa, mas para várias fanfarras. Regentes de diversas bandas tiveram a oportunidade de conviver com o maestro e essa é uma homenagem justa. Os ensaios estão acontecendo às sextas, sábado e domingos e, no dia 07 de setembro, o público poderá prestigiar o resultado de todo esse esforço. Contamos com a participação da população juazeirense”, salienta Cícero Bergue, coordenador geral da Banda Marcial Tiradentes (Bamat).   (Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.