Header Ads

Eleições presidenciais são discutidas na sessão da Câmara do Crato


Na noite da última segunda-feira (10) na sessão ordinária da Câmara do Crato, os vereadores falaram sobre o momento das eleições no país. Amadeu de Freitas (PT) iniciou afirmando que o ex-presidente Lula apesar de estar preso liderou todas as pesquisas e tem o apoio do povo. A respeito de Fernando Haddad, vice-presidente na chapa e substituto de Lula, Amadeu disse que ele estava à altura para dar continuidade ao legado do PT. O vereador declarou ainda que é necessário se posicionar fortemente para mudar a política brasileira, caso contrário o país irá afundar. 

Por outro lado, Bebeto Anastácio (PODE) afirmou que o atentado sofrido pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL) na última quinta-feira foi um atentado a democracia. Em resposta, Amadeu afirmou que o candidato foi vítima do próprio veneno por sempre fazer apologia a violência. Bebeto considerou isto um absurdo e destacou a intolerância política que existe no Brasil, já que utilizaram da violência por não concordar com as ideias do presidenciável. 

Os vereadores ainda aprovaram em segunda votação o projeto de Lei que torna obrigatório o ensino de noções básicas da Lei Maria da Penha nas escolas públicas. Após as votações a sessão foi encerrada.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.