Header Ads

Locais sagrados de Juazeiro do Norte podem se tornar patrimônio Cultural


Lugares sagrados de Juazeiro do Norte poderão ser registrados junto
ao IPHAN como patrimônio Cultural. FOTO: Ana Lima
Uma campanha de assinaturas iniciada no último mês de março, em Juazeiro do Norte, tem o propósito de registrar como patrimônio cultural os lugares relacionados com o culto e a memória do Padre Cícero, junto ao IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Na lista dos lugares estão a Basílica de Nossa Senhora das Dores, Capela do Socorro, as capelinhas na Rua Caminho do Horto, a estátua do Padre Cícero, o Santo Sepulcro, o Casarão do Horto juntamente com Capelinha.

A iniciativa partiu da Secretaria de Cultura do município e Fundação Memorial Padre Cícero. Até o início da Romaria de Nossa Senhora das Dores de 2018, pouco mais de 2.600 pessoas já haviam incluído a assinatura na proposta.

Um vídeo explicativo da proposta está sendo veiculado na área da exposição de longa duração do Memorial Padre Cícero, local onde está havendo a coleta de assinaturas. Qualquer pessoa, inclusive analfabeta, pode incluir assinatura no projeto, desde que apresente um documento oficial com foto.

De acordo com Cristina Holanda, Presidente da Fundação Memorial Padre Cícero a meta é alcançar as 5 mil assinaturas, número necessário para ingressar com o pedido de registro de Patrimônio Cultural junto ao IPHAN.   (Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.