Header Ads

Lula cai em pesquisa espontânea para 9% e Bolsonaro sobe para 20%, diz Datafolha


Mesmo sem ter o nome dele testado no cenário estimulado,
o ex-presidente Lula teve o nome citado na pesquisa espontânea.
FOTO: Ricardo Stuckert-Fotos Públicas
Mesmo sem ter o nome dele testado no cenário estimulado pelo Datafolha, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) figurou nas respostas espontâneas do levantamento divulgado na noite desta segunda-feira (10). Nesta resposta, o petista caiu de 20% em agosto para 9% hoje.

Desta forma, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) assumiu a liderança na pesquisa espontânea. Sem o estímulo dos entrevistadores, a intenção de voto dele subiu de 15% para 20%.

A intenção de voto espontânea em Ciro Gomes (PDT) subiu de 2% para 5%. A de Fernando Haddad, que deve substituir Lula como candidato do PT, é de 4%. 

No levantamento espontâneo, a intenção em Geraldo Alckmin (PSDB) oscilou de 2% para 3%, enquanto a de Marina Silva (Rede) permaneceu em 2%. A de João Amoêdo (Novo) passou de 1% para 2%. A de Alvaro Dias (Podemos) ficou em 1% e a de Henrique Meirelles (MDB) foi de 0% para 1%. 

Os demais candidatos permanecem com 0%. Os que não souberam responder a esta questão caíram de 41% para 37%.

A pesquisa tem margem de erro de dois pontos porcentuais e nível de confiança de 95%. Foram ouvidos 2.804 eleitores nesta segunda-feira (10), em 197 municípios de todas as regiões do País. A pesquisa foi registrada no TSE sob o protocolo BR-02376/2018. O levantamento foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo.   (Estadão)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.