Header Ads

Ministério Público intervém em atos contra e a favor de Bolsonaro no Cariri


Foi acordado mudança de horário e dias com multa de 10 mil a quem descumprir.
FOTO: Montagem de cartazes-Reprodução
Após choque de horários entre a manifestação "Ele Não - Cariri" e a carreata em apoio a Jair Bolsonaro (PSL), organizada pelo grupo Direita Cariri, uma reunião foi realizada ontem, 27, no Ministério Público do Crato com as duas organizações, Defensoria Pública, Policia Rodoviária Estadual e Polícia Militar do Crato. Em acordo cordial e seguindo a legalidade, a carreata mudou de horário. Hoje, 28, o evento oficial no Facebook anunciou mudança para domingo, 30, das 15h às 20h.

O manifesto “#Elenão”, contra o candidato, que acontece no Cariri e em diversas outras cidades do Brasil neste sábado (29), se mantém para as 16h, na praça do Giradouro, em Juazeiro.

O promotor de Justiça David Linhares tomou por critérios questões legais e estruturais para garantir a segurança e o direito de ir e vir dos dois grupos.

Teve preferência o primeiro. Segundo advogada que participou da reunião, analisou-se a oficialização da manifestação no dia 21 de setembro junto à Polícia Civil, Bombeiros, Polícia Ambiental e Delegacia da Mulher em Juazeiro do Norte, sendo também enviado ofício ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, com ofícios para a carreata sendo enviados em 27 de setembro.

Pela manutenção da ordem e segurança, os dois grupos acordaram com os atuais horários e locais. Haverá multa de R$ 10 mil a quem descumprir o determinado.     (Com informações do Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.