Header Ads

Mostra de Teatro de Rua toma praças e espaços públicos do Crato com programação cultural


As cores, figurinos, musicalidade e performances de artistas e grupos invadem as ruas do município do Crato com a Mostra de Teatro de Rua, que acontece de 13 a 25 de setembro. São apresentações gratuitas de música, teatro e dança que chegam até o público levando arte e reflexão aos espaços mais inusitados como Mercado Público, feira, calçadões e ruas da cidade.

Nesta edição, a programação tem oficina de dança, performances contemporâneas, roda de conversa, apresentações musicais e espetáculos teatrais. Com as atividades, a proposta é promover a arte e democratizar o acesso à cultura, valorizando manifestações artísticas de rua.

PROGRAMAÇÃO

13 e 14/9

18h30 às 21h30 – Oficina de videodança
Local: Rua Vicente Tavares Bezerra, 439 – Santa Luzia

15/9
8h às 11h – Oficina prática
A oficina desenvolve o pensamento crítico sobre a criação artística de movimentos, formando células coreográficas que serão registradas em documentação audiovisual. O público alvo é pessoas com iniciação nas artes cênicas, em especial a dança, iniciantes ou profissionais a partir de 14 anos de idade.

Local: Mercado Público Walter Peixoto

17/9
9h – (IN)fluxo
O mergulho na cidade provoca um olhar ampliado sobre o lugar, instalando uma cartografia de imagens humanas e marcando os espaços com possibilidades de permanência e fluxos.

Local: Feira Livre do Crato

16h – Coração que derrete em calçada
Um carrinho de picolé e coração de gelo será munição para a alegoria, que trata de relacionamentos. A artista andará pelas ruas da cidade espalhando os corações, recitando poesias, trechos de cartas, contos, notícias, enquanto os corações derretem, representando a liquidez dos relacionamentos, a evaporação dos sentimentos em uma sociedade individualista.

Local: Calçadão do Crato
18h – Meio da rua
A depressão tomou conta  da vida de uma mulher solitária e lançada à própria sorte. Ela traz um passado presente entre histórias e devaneios.
Local: Rua Vicente Tavares Bezerra, 439 – Santa Luzia
19h – Roda de conversa
Cena aberta: Dramaturgia como cartografia da cidade
Mediação: Cecília Lauritzen
Local: Rua Vicente Tavares Bezerra, 439 – Santa Luzia

18/9
9h – Reza de Maria
O espetáculo conta a história de Maria Alvina, uma personagem-boneca que compartilha conflitos e experiências no Povoado do Caldeirão de Santa Cruz do Deserto.
Local: Sítio Calderão da Santa Cruz
19/9
17h30 – Maracatu Nação Uinu Erê
Local: Urca – Rua Cel. Antonio Lius, 1161 – Pimenta

20/9
19h – Auto do Rei Leal
Cansado das obrigações, o cego Rei Leal decide dividir seu reino com as três filhas. A generosidade seria medida pelo afeto demonstrado por cada uma. As duas mais velhas, Goneril e Zuleide, derretem-se em elogios e são retribuídas com várias propriedades. Cordélia, a filha predileta e que ama verdadeiramente o pai, recusa-se a imitar a hipocrisia das irmãs e critica a divisão, sendo deserdada. Situações cômicas e trágicas, com ingredientes regionais, desenrolam-se na história.
Local: Encosta do Seminário – Praça do Cruzeiro

21/9
19h – Auto do Rei Leal
Cansado das obrigações, o cego Rei Leal decide dividir seu reino com as três filhas. A generosidade seria medida pelo afeto demonstrado por cada uma. As duas mais velhas, Goneril e Zuleide, derretem-se em elogios e são retribuídas com várias propriedades. Cordélia, a filha predileta e que ama verdadeiramente o pai, recusa-se a imitar a hipocrisia das irmãs e critica a divisão, sendo deserdada. Situações cômicas e trágicas, com ingredientes regionais, desenrolam-se na história.

Local: Terreiro do Coletivo Camaradas – Comunidade do Gesso

22/9
19h – Cultura sem fronteiras: rap, break e tradições
O rapper DEXTAPE, o coletivo MOACPES e a equipe de dança Máfia King se unem em um momento de convergência e diálogos culturais. Dança, música e poesia dividem o mesmo ambiente transformando as ruas em uma festa de diversidades e saberes.
Local: RFFSA – Rua Ratisbona, Centro

25/9
16h – Homem Lobo
O espetáculo traz diversos questionamentos a respeito do que é ser homem. Que homem é esse, que destrói a si mesmo e o outro? Quais as concepções de corpo? Qual a relação entre masculinidade e feminilidade?
Local: Urca – Rua Cel. Antonio Lius, 1161 – Pimenta

Serviço:
Mostra de Teatro de Rua – Crato
Data: 13 a 25/9
Entrada gratuita
Informações: (88) 3523.4444

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.