Header Ads

Operação de trânsito intensifica fiscalização para o feriadão


A Polícia Rodoviária Federal inicia, nesta quinta-feira (6), a
Operação Independência 2018. A PRF não divulgou o número
de policiais que estará nas principais rodovias federais que
cortam o Estado. FOTO: FABIANE DE PAULA
Para o feriado desta sexta-feira (7), da Independência do Brasil, que vai movimentar milhares de cearenses em rodovias, o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran) em parceria com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), bem como com os Departamentos Municipais de Trânsito e Transporte farão 78 operações de controle e fiscalização nos principais pontos do Estado, desde trechos urbanos e rodovias estaduais e federais.

A operação terá início às 18h desta quinta-feira (6), se estendendo até à meia-noite do domingo (9). Ao todo, serão 720 agentes dos órgãos estaduais, sendo 320 homens do Detran e 400 policiais militares rodoviários em 95 viaturas.

Os pontos de fiscalização são escolhidos conforme a intensidade do tráfego de veículos. De acordo com o Detran, serão 16 operações na Capital; 30 nas praias (Aquiraz, Caucaia, Cascavel, Beberibe e Aracati, São Gonçalo do Amarante, Pacacuru, Itapipoca, Flecheiras, Acaraú e Jericoacoara), 28 no Sertão. Além dos agentes nas vias, câmeras de videomonitoramento, tanto do Detran quando da PRE estarão fiscalizando o tráfego. No ano passado, cerca de 60 mil veículos deixaram a cidade por cada uma das principais vias: CE-040 e CE-085.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia, também nesta quinta-feira (6), a Operação Independência 2018, se estendendo até domingo. Serão realizadas atividades de educação para o trânsito e de combate ao crime. Serão utilizados radares s e etilômetros.

Infrações
As equipes escaladas para a operação- que não foram quantificadas pela instituição - estarão posicionadas para identificar e combater os principais comportamentos de risco nas estradas, como a ultrapassagens proibidas, uma das principais causas das colisões frontais.

Em 2017, o balanço da PRF para o feriado do Dia da Independência foi de 1.521 autos infracionais e 129 veículos recolhidos. A operação durou cinco dias, a partir da véspera do feriado de 7 de Setembro, e fiscalizou mais de três mil motoristas. Neste mesmo período, foram registrados 17 acidentes; seis graves, com 13 feridos e cinco mortes.

Acidentes
O reforço no policiamento ostensivo-preventivo ocorrerá em locais e horários onde, estatisticamente, há maior incidência desses acidentes. A Confederação Nacional do Transporte (CNT) identificou que 83,4 mil pessoas morreram em acidentes nas estradas federais do Brasil, entre 2007 e 2017. No Ceará, em 2017, 190 perderam a vida da mesma forma.

As mortes mo Estado, conforme o levantamento da CNT, em sua maioria, ocorreram em rodovias de pior sinalização e estado de preservação. As BRs que mais concentram acidentes com óbitos no Ceará são, respectivamente, as BRs 116, 222 e 020.   (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.