Header Ads

Penaforte: fiéis encerram festa da padroeira celebrando os 70 anos de criação da Paróquia



Ao fim da tarde deste sábado, 8 de setembro, devotos de Nossa Senhora da Saúde se reuniram na Igreja Matriz de Penaforte para celebrarem o encerramento da festa da padroeira e os setenta anos de criação da Paróquia, em uma celebração eucarística presidida por dom Gilberto Pastana e concelebrada pelos padres Joaquim Cláudio de Freitas (pároco), Francisco Amós e Tarcísio Sales.

“A Paróquia de Penaforte, dedicada a Nossa Senhora da Saúde, é uma Paróquia que tem muitas comunidades que vai experimentado a cada dia, a cada semana, a cada mês a organização da Paróquia como uma rede de comunidades. Eu penso que essa celebração, que marca os setenta anos de festejo em honra a Nossa Senhora da Saúde, tem essa dimensão que torna importante esse ano por causa desta realidade”, disse dom Pastana sobre a importância deste momento histórico que a comunidade paroquial estava vivenciando.

Dom Pastana ainda falou sobre a relevância da devoção à padroeira. “A devoção a Nossa Senhora da Saúde contribui na vida dos fieis à medida que eles tomem consciência de que a saúde é uma dimensão importante na vida humana e ela deve ser cuidada por todos, sobretudo, pelo poder público. Nós pagamos impostos, somos cidadãos e o poder público deveria ter como prioridade a saúde. Nossa Senhora da Saúde é aquela que cuida de todos nós, que vem ao nosso socorro, ao nosso encontro, mas o fato de Nossa Senhora cuidar de todos nós não imune a responsabilidade daqueles que são profissionais, que se profissionalizaram para essa realidade de cuidar bem das pessoas”, disse.


A festa, que iniciou dia 29 de agosto, teve uma programação intensa e, segundo o pároco, o lucro maior foi o fortalecimento da fé do povo. “Fazemos uma avaliação positiva diante daquilo que nós programamos. A participação do povo foi muito positiva. O que foi programado dentro que é histórico, devocional, promocional também foi muito bom. Graças a Deus foi uma festa satisfatória. O lucro maior deve ser o incentivo e o fortalecimento da fé do nosso povo, primeiro a fé em Nosso Senhor Jesus Cristo e fé na intercessão de sua mãe Maria Santíssima, Nossa Senhora da Saúde”, considerou padre Joaquim.

O último dia da festividade foi muito participativo, contanto com a presença de devotos das dezoito comunidades da Paróquia e também outros vindos de Jati e Juazeiro do Norte. Como forma de gratidão o bispo  os padres foram presenteados, ao final da missa, com um quadro com a de Nossa Senhora da Saúde.

Após a missa todos seguiram em procissão com a imagem de Nossa Senhora da Saúde por algumas ruas do município. Retornando a Igreja Matriz, do patamar, o bispo concluiu a parte devocional da festividade abençoando a todos com a bênção do Santíssimo Sacramento.     Por: Jornalista Patrícia Silva com informações e fotos da Pascom da Paróquia Nossa Senhora da Saúde

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.