Header Ads

Sindsaúde se manifesta no Cariri contra retirada de direitos e alerta para possível greve nos hospitais


O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do Estado do Ceará (Sindsaúde) está realizando atos em todo o Ceará contra a retirada de direitos dos funcionários nos hospitais privados e filantrópicos. Nesta quarta-feira (05), o ato ocorreu em todos os hospitais regionais do Ceará. Em frente ao Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, estiveram presentes trabalhadores e dirigentes sindicais.

De acordo com o diretor do Sindsaúde, Carlos Roberto Elias, a problemática é que os patrões estão impondo perdas salariais para os trabalhadores. Principalmente, no Hospital São Vicente, em Barbalha, ele disse que o salário está sendo reduzido com a retirada do aumento salarial que foi dada no início deste ano e agora, está sendo descontado do salário cerca de R$ 500 reais.

Márcia Coelho Vieira, diretora do Sindsaúde, acrescenta que a reivindicação é para que os patrões voltem as negociações coletivas e aceitem a proposta do sindicato dos trabalhadores para que haja o reajuste salarial. “A proposta do sindicato patronal é retirar o aumento do pagamento no plantão e mais outros direitos que a gente tem é vergonha de dizer, porque isso não é proposta que se faça”, afirma.

Ainda segundo o sindicato, está sendo organizada uma paralisação e possível greve, em que os trabalhadores não sejam penalizados e tenham os seus direitos garantidos. (Portal Badalo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.