Header Ads

Morre a soprano espanhola Montserrat Caballé, aos 85 anos


A soprano espanhola Montserrat Caballé morreu aos 85 anos neste sábado (6), em Barcelona. Ela estava internada desde o mês passado e sofria com problemas de saúde havia anos. A família não quis divulgar a causa da morte.

Famosa pelo domínio da técnica bel canto, Caballé é considerada um dos grandes nomes da ópera do século 20. Ela interpretou obras de compositores consagrados como Gioacchino Rossini, Gaetano Donizetti e Vincenzo Bellini e fez cerca de 4.000 apresentações em 90 papéis diferentes.

"Uma grande embaixadora do nosso país morreu", disse o primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez, pelo Twitter. "Sua voz e sua ternura ficarão conosco para sempre", completou.

No mundo pop, Caballé ficou conhecida pelo dueto "Barcelona", ao lado de Freddie Mercury, líder da banda inglesa Queen. A música foi lançada, com sucesso, em 1987. Anos depois, tornou-se o hino da Olimpíada de 1992, disputada na cidade catalã.

Caballé ficou dez anos longe do palco por problemas de saúde e retornou apenas em 2002, quando passou a fazer apresentações esporádicas. Ela revelou ter tido um tumor benigno na cabeça, descoberto ainda nos anos 1980.

Em 2014, foi condenada a meio ano de prisão e precisou pagar uma multa de 240 mil euros (R$ 781 mil) por fraude fiscal. Moradora de Barcelona desde 2010, ela teria deixado de pagar 500 mil euros (R$ 1,6 milhão) ao fisco por simular que seu domicílio ficava no principado de Andorra -assim, não precisaria prestar contas à Fazenda espanhola. Caballé devolveu o dinheiro devido em impostos.

A cantora era casada com o tenor Bernabé Martí desde 1964 e teve dois filhos, Bernabé Martí Jr. e Montserrat Martí, que também é cantora lírica.

O funeral da artista será em Barcelona, nesta segunda-feira (8).     (Folhapress)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.