Header Ads

No Cariri o preço do gás de cozinha já subiu, mas a notícia é ´boa´; entenda



Apesar da alta do gás de cozinha em vigor desde a quarta, dia 7, uma notícia não tão impactante para quem mora no Cariri. Na região, o preço do botijão é um dos mais baratos do Brasil, incluindo o que é praticado ma capital, Fortaleza.

Quem observa é a diretora de uma das maiores distribuidoras da Nacional Gás, Cláudia Coelho, que fornece gás para 22 cidades do Cariri. Esta semana, o reajuste subiu em R$ 4 o preço do produto, passando a custar R$ 62 na portaria da empresa e 67 para entrega domiciliar.

Segundo a empresária, o preço no resto do Brasil, em média, é de R$ 75. "O Cariri sai beneficiado", destaca Cláudia. Ela aponta a concorrência e o valor do frete que faz com que o preço permaneça competitivo no sul do Ceará.

Todo gás que vem até a região chega de navio no Porto do Pecém, em Fortaleza, e é engarrafado nas distribuidoras da região. O frete para cidades mais afastadas do litoral, no entanto, é mais caro, o que influencia no preço final do botijão.

Em sítios e regiões ruais do Ceará, muitas famílias trocam provisoriamente o fogão convencional pela cozinha à lenha. A realidade é o reflexo do aumento do preço que não é mais subsidiado pela Petrobrás, fazendo com que o consumidor final e os distribuidores sejam afetados pelo reajuste.    (Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.