Header Ads

Campanha intensifica combate ao câncer de próstata no Cariri

Hospital referência no tratamento oncológico contabilizou
101 novos casos de câncer de próstata. FOTO: Reprodução
Referência no atendimento a pacientes oncológicos no Cariri, o Hospital e Maternidade São Vicente de Paulo (HMSVP), em Barbalha, de janeiro a outubro deste ano, contabilizou 101 novos casos de câncer de próstata. Esse número deve aumentar, tento em vista que restam quase dois meses para o fim do ano. O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) estima que, em 2018, o Ceará contabilize 2.730 casos de câncer de próstata. Buscando reduzir o índice de mortalidade e permitir um tratamento eficiente, especialistas alertam para a importância dos exames preventivos. O chamado ganha mais força este mês, com o Novembro Azul, dedicado à luta contra o câncer de próstata.

De acordo com Roberta Brito, técnica de registro de câncer do setor de oncologia do HMSVP, de 2016 até outubro de 2018, o hospital contabilizou 366 casos de câncer de próstata. “Em 2016, foram 125 casos. Em 2017, contabilizamos 140 e, este ano, até outubro, foram 101 casos de câncer de próstata. No entanto, 2018 deve fechar com um número superior, tendo em vista que temos novembro e dezembro pela frente. A Campanha Novembro Azul é fundamental para alertar os homens sobre a importância de cuidar da saúde e realizar os exames de rotina”, salienta Roberta Brito.

O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. A patologia merece atenção especial do público masculino, tendo em vista que inicialmente a doença é assintomática. “É fundamental que os homens procurem com regularidade as unidades de saúde, principalmente aqueles que possuem histórico familiar de câncer. Na maioria das vezes, o paciente só se dar conta de que tem a doença quando a patologia está mais avançada, o que dificulta as chances de cura. É preciso trabalhar com prevenção e saber que o preconceito pode matar”, diz o urologista Darlan Lucena.

Conheça a doença

O câncer de próstata é o resultado de uma multiplicação desordenada das células da próstata. Quando há presença de câncer, a glândula endurece, mas no começo não há sintomas. Eles só costumam aparecer no estágio avançado, por isso é fundamental que se faça os exames preventivos anualmente, a partir dos 50 anos de idade, ou com 45 anos, se houver casos de câncer de próstata na família. Caso a alteração seja detectada, o médico pode solicitar outros exames além do PSA, como ultrassom transretal e biópsia da glândula, que consiste na retirada de fragmentos da próstata para análise. Só então é feito o diagnóstico. A evolução da doença é silenciosa e os sintomas são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata, chamado de HPB. Quando alguns sinais começam a aparecer, 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura.        (Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.