Header Ads

Conexão Cariri: Projeto nacional Palco Giratório desembarca em Juazeiro do Norte


Reconhecer a arte nas suas variadas formas de expressão é fundamental para o enriquecimento cultural.  Desde 1998 o Serviço Social do Comércio desenvolve o projeto nacional Palco Giratório, que promove a difusão e formação das Artes Cênicas em todos os estados brasileiros com especial destaque para as cidades do interior.

Nesse sentido, o projeto desembarca na Unidade Sesc de Juazeiro do Norte, nos dias 9 e 10 de novembro, com os grupos: Coletivo Errática (RS) e Teatro do Concreto (DF), que trazem propostas inusitadas.

Na sexta-feira, 9/11, às 20h, é apresentado o espetáculo “Ramal 340 – Sobre a migração das sardinhas ou porque as pessoas simplesmente vão embora”, no Teatro Sesc Patativa do Assaré. A montagem do Coletivo Errática (RS) conta a trama de seis histórias que acontecem simultaneamente ao redor do mundo, onde pessoas se encontram e se distanciam umas das outras inesperadamente, transformando suas realidades a todo o momento.

Já no dia 10/11, o público é convidado a uma experiência com o espetáculo Entrepartidas. O projeto do Teatro Concreto (DF) convida o público a uma narrativa contatada em várias etapas. O espetáculo tem início na Unidade Juazeiro do Norte, às 17h e segue para vários pontos de Juazeiro do Norte onde os artistas conhecem personagens que se equilibram no fio do tempo, lembrando-nos que a vida é feita de encontros e instantes.

A viagem é pela cidade como um pretexto para viajar pelas ruas de si mesmo.

Para participar, é necessário realizar inscrição prévia com a equipe de cultura da Unidade Juazeiro do Norte do Sesc, por meio do telefone (88) 3587.1065. As vagas são limitadas.

As apresentações do Palco Giratório na cidade somam-se às comemorações dos 10 anos do Teatro Sesc Patativa do Assaré, uma obra de arquitetura pioneira no Cariri desenvolvida para receber espetáculos de teatro, música, dança e diversas linguagens criadas pelos artistas da região.

Ação formativa
Além de espetáculos, o projeto oferece aos espectadores oficinas, festivais, mesas-redondas e palestras visando promover intercâmbio entre comunidade, artistas e convidados. Deste modo, no dia 10/11, acontece a Oficina “Composição Errática: Fluxos Da Criação No Espaço Urbano”, promovida pelo grupo teatral Coletivo Errática (RS).

 A iniciativa propõe uma criação dramatúrgica a partir da relação com a cidade e fragmentos do texto de Ramal 340; operações sobre corpo na relação com tempo, espaço e arquitetura; e procedimentos de composição. As criações desenvolvidas ao longo do encontro serão incluídas em um roteiro a ser realizado coletivamente ao final do trabalho. Serão ministrantes do evento Jezebel De Carli, Francisco Gick, Guega Peixoto, Nina Picoli, Diogo Rigo, Gustavo Dienstmann e Mani Torres.

Para participar, os interessados precisam realizar inscrição (88) 3587.1065. As vagas são limitadas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.