Header Ads

Incêndio atingiu o Parque Sítio Fundão, em Crato; estrutura é destruída


Uma Perícia Ambiental foi acionada para identificar possíveis causas e os danos do incêncio. FOTO: Heitor Feitosa Macêdo
Um incêndio atingiu a área de proteção ambiental do Parque Estadual Sítio Fundão, em Crato, na tarde deste sábado, 03. As chamas foram suficientes para por abaixo a estrutura do mais antigo Engenho de Açúcar do município e queimar o terreno que vai do Rio Batateira até próximo o Centro de Visitação, o Alpendre.

Não havia grupo de visitação no momento do ocorrido.

A trilha que leva o nome do Parque foi temporariamente fechada para visitação e a direção do Parque Sítio Fundão acionou a Perícia Ambiental para averiguar a causa e as consequências do incêndio que durou cerca de 5 horas. Os danos identificados até o momento são a queima de 10 hectares de terreno e a perda do Engenho.

Cerca de 30 homens participaram da ação de contenção do incêndio. À princípio o fogo foi visto por um funcionário do Parque, que acionou a brigada de incêndio e o Corpo de Bombeiros. Voluntários da  União Protetora dos Animais e Meio Ambiente (UPAMA), ONG Aquasis e APA Chapada do Araripe se juntaram à equipe para conter o incêndio.

A Diretora do Parque Sítio Fundão, Rose Mary Feitosa, parabenizou a equipe de funcionários pela rápida resposta e agradeceu aos voluntários pela ajuda. "O tempo de resposta em uma ocorrência dessa natureza é primordial. Essa resposta da equipe do Fundão foi muito rápida e isso pode ter sido o fator para o incêndio não tomar proporções alarmantes. Mas sem a ajuda dos voluntários teria muito difícil conter".

Funcionários do Parque vasculharam o território na manhã desta segunda-feira, 5, a procura de possíveis animais mortos e identificação de áreas mais devastadas. 

As chamas se aproximaram do Centro de Visitação. Sem a ação rápida da brigada de incêndio, possivelmente teria sido alvo. FOTO: Alana Soares
O Sítio Fundão possuiu mais de 930 mil m², apresenta resquícios de Mata Atlântica, faz parte de o geossítio Batateiras e guarda marcos da história regional. Há 10 anos foi decretada como Unidade de Conservação Estadual.      (Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.