Header Ads

Segunda etapa de reforma da Praça Padre Cícero será iniciada

FOTO: Elizangela Santos
Após oito meses de obras, a Praça Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, foi entregue para circulação de pedestres no último dia 8 de setembro. De lá para cá, o equipamento já recebeu romeiros nas festas de Nossa Senhora das Dores, naquele mesmo mês, e Finados, no último dia 2. Esta semana será iniciada a segunda etapa, onde será criada uma alameda com bares e restaurantes, na Rua São Francisco. O desenho e cores da fachada serão releituras das casas antigas que circundavam o Centro. 

Com investimento de R$ 4,5 milhões dos governos federal, estadual e municipal, a ideia é resgatar a arquitetura do local, sobretudo na década de 1960. As principais mudanças no equipamento aconteceram no traçado, no paisagismo e na iluminação, com a instalação de postes coloniais. Além disso, foram colocados piso com ladrilho hidráulico, bancos de granilite e 18 novas lixeiras. A obra também contemplou as ruas do entorno com pavimentação em piso intertravado e drenagem.

Já o calçadão, na Rua São Francisco, que deve receber bares e restaurantes, será requalificado. Os tapumes foram colocados, na última semana, e os antigos permissionários serão realocados. 

A Prefeitura de Juazeiro do Norte está realizando estudos e planejamento para discutir como funcionará o espaço, mas antecipou que deve valorizar a gastronomia local. Tudo deve ser concluído até janeiro de 2019. 

Saudade
No ciclo de romarias, que começou em setembro, devendo se estender até fevereiro de 2019, o Município já recebe milhares de pessoas em três grandes eventos religiosos. Alguns visitantes, inclusive, conheceram o local e puderam matar a saudade do seu ponto de encontro preferido, jogando conversa fora ou tirando fotos. Porém, a reforma do local dividiu os visitantes.

O aposentado Zilton Vital, romeiro de Cajueiro (AL), aprovou a reforma, pois, para ele, o equipamento já necessitava ser revitalizado. Já a balconista Emanuela Gomes da Silva, romeira de Paudalho (PE), não gostou da nova arquitetura. Para a visitante, apesar de mais organizada, a praça está mais quente. 

Autor de um livro sobre a Praça Padre Cícero, o professor, Daniel Walker, elogiou a reforma e disse que a obra conseguiu recuperar o glamour das décadas de 1960 e 1970, períodos em que a praça era mais movimentada.        (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.