Header Ads

Agricultores esperançosos iniciam plantio de sequeiro no Cariri

Agricultores acreditam que a quantidade de chuvas incomum para o período pode render bons frutos. FOTO: Pedro Ventura - Agência Brasília
Muitos agricultores esperançosos resolveram lançar as sementes ao solo, na expectativa de que as chuvas sejam suficientes para garantir uma boa colheita em 2019. A quadra chuvosa ainda não começou, mas as últimas chuvas foram suficientes para molhar o solo e encher de esperança o coração do homem do campo. A Federação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) deve apresentar o prognóstico da quadra chuvosa no final de dezembro ou início de janeiro. 

A agricultora Antônia Maria de Matos tem 70 anos e já iniciou o plantio de milho, feijão e fava. “No ano passado, eu plantei nessa época e colhi muito feijão verde e milho. Eu vendi feijão verde, comi muito baião de fava e ainda guardei um saco de feijão seco. A gente aproveita essas primeiras chuvas e garante uma Semana Santa farta. Apesar do pessoal falar em seca, todos os anos, eu planto e consigo colher porque inicio plantio assim que chove. O meu filho me ajuda e, esse ano, eu quero plantar três tarefas de terra”, diz Antônia Maria de Matos. 

Há 52 anos, seu Antônio Rodrigues da Silva espera as primeiras chuvas para preparar a terra e iniciar o plantio na expectativa de uma boa colheita. “A gente tem fé em Deus e independente de prognóstico lança nossas sementes na crença de uma boa quadra chuvosa. Ano passado, apesar das chuvas terem sido irregulares, eu não tive prejuízo. Plantei milho, feijão e macaxeira e deu para guardar para minha família e ainda vender o que sobrou. A gente tem fé e Deus abençoa. Não esperei nem por semente do governo, já iniciei minha plantação de milho”, afirma o agricultor. 

O agricultor Marcos Antônio de Matos plantou milho e macaxeira, em uma área de três hectares em Juazeiro do Norte. “Eu comprei o quilo do milho a R$ 22 para aproveitar as primeiras chuvas e plantar. Não adianta a gente esperar pelo milho do governo que só chega de janeiro para fevereiro. Se Deus quiser, as chuvas desse ano serão mais regulares e a gente vai ter uma boa colheita”, relata Marcos Antônio. 

Francisco Augusto da Silva, conhecido na cidade do Crato como profeta das chuvas, aponta que 2019 será um ano de chuvas finas e duradouras. “O ano de 2019 é governado por Marte e a Lua, e a previsão é de que a quadra chuvosa no Cariri será mediana com chuvas finas e duradouras. O agricultor pode plantar que, com certeza, vai colher. Não teremos um inverno de chuvas fortes, mas as precipitações serão suficientes para o plantio”, confidencia Francisco Augusto da Silva.    (Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.