Header Ads

Câmara do Crato discute atuação da gestão municipal



Na noite da última segunda-feira (03) os vereadores cratenses voltaram a se reunir em sessão ordinária. Os parlamentares avaliaram as obras executadas pelo prefeito municipal Zé Ailton Brasil.

Jales Veloso (PSB) deu início às discussões afirmando que a população reclama constantemente dos serviços prestados, como é o caso da água e iluminação pública. Ainda alertou sobre os riscos da jogada de entulhos no Canal do Rio Granjeiro.

Por outro lado, Fernando Brasil (PP) citou o distrito de Dom Quintino que está sendo beneficiado com obras da prefeitura dando o exemplo de seis ruas que receberão calçamento em breve. Ainda declarou que em todos os bairros do Crato já existem obras da prefeitura apesar de terem se passado apenas dois anos de mandato.

Bebeto Anastácio (PODE) declarou que é necessário reconhecer o que já vem sendo feito e também destacou que a saúde do município ainda precisa melhorar, mas também já apresenta evolução.

O vereador Amadeu de Freitas (PT) falou sobre as acusações que recebeu por supostamente ser contra a gratuidade de idosos no estacionamento zona azul, argumentando que não era uma notícia verdadeira já que o mesmo queria uma maneira mais justa de aplicar a gratuidade. 

Os vereadores ainda aprovaram um projeto indicativo de autoria de Thiago Esmeraldo (PP) que visa tornar obrigatório o uso de energia voltaica nas edificações públicas do Crato, e outro de autoria dos vereadores Fernando Brasil e Maurício Almeida (PDT) que institui a educação de trânsito na rede municipal de ensino fundamental.

Após as votações a sessão foi encerrada.     (Assessoria de Comunicação)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.