Header Ads

Para surpreender, Guarani aposta em jogadores da Região do Cariri

Elenco do Guarani de Juazeiro faz oração antes do início de mais um treinamento visando as disputas do Estadual 2019. FOTO: Antônio Rodrigues
Apostando na renovação. É assim que o Guarani de Juazeiro entra em campo na Série A do Campeonato Cearense. A base do time é formada por 13 jogadores do Campo Grande, time também da terra do Padre Cícero, que foi campeão invicto da terceirona do estadual de 2018. A maioria são jovens da região do Cariri, somados a base do Leão do Mercado, que ganharam a companhia de reforços mais experientes, como o goleiro Diego, de 36 anos, que estava no Caucaia, o volante Peter, 29, ex-Pacajus, e o meia-atacante Da Silva, que atuou este ano no Murici (AL). 

Aguardando a contratação de mais um zagueiro e dois atacantes, o técnico do Leão do Mercado será João Severo, que treinou o “Tigre Juazeirense” campeão da Série C. “A gente sabe que a dificuldade (na primeira divisão) é bem maior. O time é muito jovem. É diferente da terceira, por isso, ainda estamos contratando. Acredito que vamos fortalecer e fazer uma boa competição”, conta o treinador do Guarani.
 
Encaixe
Com a base montada, pronta, o Guarani espera encaixar mais três reforços nos 11 titulares. “A gente sabe que às vezes contrata alguém que tem muita qualidade, o perfil da equipe e não dá certo. É normal. Temos 10 dias para que possa finalizar essa etapa de trabalho físico, técnico e tático e a chegada desses atletas vamos ter grande time”, acredita Severo. 

Da molecada trazida do Campo Grande, o atacante Tiago é o grande destaque. Ele foi artilheiro da terceira divisão, ao marcar seis gols. Junto a ele, estará o meia-atacante Alan Victor, destaque do Crato, onde anotou quatro gols e foi vice-campeão da mesma competição. O jovem jogará no Leão do Mercado por empréstimo. 

Com mais tempo de casa, o zagueiro Samuel, que defendeu o Guarani em 2017 e no Campeonato Cearense de 2018, deve ser o capitão da equipe, mesmo com apenas 23 anos. Ele foi um dos líderes do Campo Grande no título estadual. “A gente tá com expectativa boa. Vem trabalhando bastante para colher resultado. A gente acredita que o entrosamento vai ajudar muito, junto com alguns que estão chegando. Fisicamente, estamos melhorando cada vez mais”, afirma o zagueiro. 

O treinador tem utilizado variações de 4-4-2 e 3-5-2 nos primeiros treinamentos. “Isso vai de acordo com as equipes que for enfrentar. Uma coisa que cobro muito é muita força, muita marcação, muita determinação. Se começar marcando bem, aplicado, ajuda muito na posse de bola”, explica o treinador do Leão do Mercado.        (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.