Header Ads

Contribuinte pode doar 3% do IR à campanha do IACC


O Instituto de Apoio à Criança com Câncer (IACC), situado em Barbalha, tem hoje, a captação de recursos através da doação de parte do imposto de renda como um de seus principais projetos. O esperado é que as pessoas se informem, esclareçam suas dúvidas e participem. A doação de 3% do imposto devido ajudará no desenvolvimento dos projetos do IACC e pode ser feita no período das declarações, que acontece nos meses de março e abril. Os recursos são destinados aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente e são gerenciados pelos Conselhos da Criança e do Adolescente em âmbitos nacional, distrital, estadual e municipal. 

Atualmente, 56 famílias são assistidas pelo IACC, que apoia crianças e jovens no tratamento contra o câncer, assim como dá suporte aos seus familiares – inclusive com formação e capacitação. A instituição funciona com a ajuda de voluntários e doações, que podem ser feitas mensalmente ou através do apadrinhamento. De acordo com Fátima Regina, diretora do IACC, a campanha do imposto de renda envolve três pontos importantes: o poder contributivo da região, a facilidade na doação e a garantia que a destinação dos 3% será repassada e fortalecerá projetos sociais do IACC, trazendo excelência no tratamento da criança portadora de câncer de toda macrorregião. 

Conforme explicou o auditor da Receita Federal Marcos Alexandre Lucena da Costa, atualmente delegado na Delegacia da Receita Federal em Juazeiro do Norte, o processo para doação é relativamente simples e pode ser feito pelo próprio declarante. No decorrer do preenchimento da Declaração do Imposto de Renda, os interessados encontrarão a opção da doação. As contribuições feitas por pessoas físicas são de até 3% do imposto devido, podendo, ao longo do ano, chegar a 6% sobre o imposto devido. 

“O que o contribuinte precisa saber é que o limite pode ser calculado com base no anterior. Se a renda aumentou ao longo do ano, que vai ter o imposto de renda um pouco maior no calendário seguinte, ele fica com essa possibilidade de destinar até 3% na declaração”, conta. Ele relata que muitas instituições já foram beneficiadas durante os últimos anos e que, apesar de o potencial de destinação ser muito elevado, ainda é pouco utilizado devido à falta de conhecimento e possíveis desconfianças. “É interessante que o contribuinte conheça a instituição que quer ajudar e acompanhe para possibilitar mais confiança”, enfatiza. 

A professora universitária Jeniffer de Nadae conta que conheceu o IACC através de um projeto de extensão desenvolvido pela Universidade Federal do Cariri. Desde então, acompanhou o trabalho da Instituição e já contribuiu com o movimento. Ela conta que o IACC, além de trabalhar de forma transparente e abrir as portas para os interessados em conhecer sobre o projeto, atua beneficiando toda a comunidade e inúmeras famílias que dependem das ajudas feitas. “Os empresários também podem ter consciência e doar parte do imposto de renda, que já faz uma diferença gigante O pouquinho faz a diferença na vida de alguém”, finaliza.  (Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.