Header Ads

Ceará tem 25 açudes sangrando; aporte registrado no Castanhão é destaque

Castanhão receberá água do Rio São Francisco
através da transposição. FOTO: Julio Caesar
Dentre os 25 açudes sangrando, destaca-se o Sobral, o mais recente a verter de acordo com a resenha diária de monitoramento publicada pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). O órgão informa ainda que os reservatórios Farias de Sousa e Riacho do Sangue deixaram volume morto com a água recebida entre sábado, 30, e este domingo, 31.

De acordo com o levantamento, 61 açudes tiveram aportes no período de monitoramento. A Companhia destaca considerável volume contabilizado nos açudes Acarape do Meio, Aracoiaba, Banabuiú, Castanhão, Edson Queiroz, Figueiredo, Jaburu I,Orós, Pedras Brancas, Pentecoste e Taquara.

O maior volume de água foi recebido no Castanhão. De acordo com a resenha, 3,8 milhões de metros cúbicos foram contabilizados no maior reservatório cearense, localizado no município de Alto Santo, distante 250 km de Fortaleza.

O relatório também indica aumento no volume atual do sistema de abastecimento do Ceará, com 14,07% da capacidade de armazenamento.

No total, entre sábado e hoje, a Cogerh contabilizou 25,29 milhões em metros cúbicos de água. O órgão monitora 155 de açudes. Desses, 93 estão com volume abaixo de 30%. 29 estão acima de 90%.

Sangrando
Já atingiram a capacidade máxima, os açudes Maranguapinho, Missi, Itapebussu, Cocó, Caldeirões, Diamantino II,  Jenipapo, Gameleira, Germinal, Barragem do Batalhão, Itaúna, Batente, Gangorra, Cauhipe, Tijuquinha, Angicos, Valério, São Vicente, Quandú, Várzea da Volta, Tucunduba, São José I, Sobral, S. Pedro Timbaúba e Acaraú Mirim.  (O Povo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.