Header Ads

Com atendimento irreverente, ambulante Alagoano tornou-se um símbolo da Praça Padre Cícero

"Alagoano" exibe bandeiras da Alagoas, Juazeiro e Satuba,
cidade onde foi criado. FOTO: Guto Vital
Vamos contar nesta terça-feira (12) a história do ambulante vendedor de água de coco Severino Braz Santos Silva, 43, um alagoano radicado em Juazeiro do Norte que se tornou um dos símbolos da Praça Padre Cícero, um dos maiores pontos turísticos da cidade.

Com um atendimento sempre irreverente, ele é conhecido pela simpatia com que trata os clientes e diz estar sempre disposto a uma boa conversa com quem chegar por perto.

Com a banca enfeitada de bandeiras e alusões ao Padre Cícero, o "Alagoano", como é conhecido Severino, faz questão de exibir e conta a história de onde veio. Natural de Maceió. foi criado no município de Satuba, próximo a capital.

Filhos de romeiros, conhece o Juazeiro desde pequeno, quando vinha com os pais pagar promessas no Horto e na Matriz de Nossa Senhora das Dores. Há 18 anos, no entanto, veio trabalhar na romaria, conheceu a esposa e não voltou mais.

O ponto fixo há quase duas décadas e o trabalho de domingo a domingo, fez com que o Alagoano aos poucos fosse se integrando a história do lugar. Tanto que hoje faz parte do grupo da velha guarda que se reúne todo final de semana no "banco dos velhos".

A proximidade com o grupo estampou o vendedor em uma das páginas do livro "A História da Praça Padre Cícero", lançado pelo historiador Daniel Walker em agosto de 2017. Na foto, Severino aparece entre os antigos frequentadores da praça.

Após a reforma da praça, no entanto, o ponto do ambulante passou a ficar em frente a Câmara Municipal, onde continua exibindo as bandeiras de Juazeiro, Satuba, Alagoas e Flamengo. A devoção pelo Padre Cícero o fez construir e se mudar há dois meses para o Horto, de onde diz que tem uma vista privilegiada da estátua.    (Site Miséria)

2 comentários:

  1. Meu primo parabéns fico feliz por vc temos quer ser bem simples não precisamos de muito pra ser feliz.eu primo estou em São luiz do Maranhão trabalho fazendo unha adomicilio não e fácil mais amo o q faço e agradeco a deus por tudo ... vc primo e um guerreiro que deus te abençoe todos os dias .

    ResponderExcluir
  2. Parabéns meu irmão mim sinto muito orgulhoso por vc e sei que todos os romeiros conterrâneos ou não se senten muito bem ao consumir uma água de cocô com alguém tão irreverente quanto vc

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.