Header Ads

MAP Linhas Aéreas amplia projeção de voos regionais no Ceará


As aeronaves da MAP têm capacidade para
transportar de 12 a 68 passageiros por voo
O Ceará está cada vez mais perto de ganhar operações de mais uma companhia aérea com foco na aviação regional. Com a meta de começar a ofertar voos no Ceará até o fim deste ano, a amazonense MAP Linhas Aéreas já iniciou diálogo com o Governo do Estado e recebeu representantes do Departamento Estadual de Rodovias (DER) para uma rodada de reuniões, segundo informações do coronel Paulo Edson Ferreira, gerente de aeroportos do próprio DER.

Os destinos priorizados inicialmente são Jericoacoara, Canoa Quebrada, Sobral e São Benedito, que devem receber voos da companhia ainda neste ano. Posteriormente, Crateús e Iguatu ainda entrarão no leque de operações.

"Também há previsão de voos turísticos partindo do Aeroporto de Canoa Quebrada para a chamada 'Rota das Emoções', ligando os destinos de Jericoacoara, Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses", destaca o coronel. Além destes, também é previsto um voo ligando Fortaleza à ilha de Fernando de Noronha, "completando assim um dos mais lindos trades turísticos da região Nordeste".

Para dar suporte às aeronaves, a MAP prevê uma parceria com a TAM Aviação Executiva para que possa utilizar sua base de manutenção e hangaragem das aeronaves existente no Aeroporto de Canoa Quebrada. "A TAM ficará responsável pela manutenção da frota da MAP no Nordeste".

Segundo Ferreira, na próxima semana, o CEO da MAP, Héctor Hamada, e uma equipe técnica irão visitar os aeroportos regionais que deverão ser atendidos. "Em seguida, será assinado com o governador um protocolo de intenções para implantação da base e da malha", explica.

Incentivos
O Governo vai ampliar a abrangência dos incentivos fiscais de estímulo à aviação regional a companhias aéreas com aeronaves menores ainda neste semestre. Segundo o secretário do Turismo do Estado, Arialdo Pinho, este é um dos últimos detalhes para viabilizar voos regionais da TwoFlex em parceria com a Gol Linhas Aéreas.     (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.