Header Ads

Polícia prende sexto suspeito de estuprar sobrinha durante dez anos no Crato



A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira (8), o sexto suspeito de estuprar a própria sobrinha durante dez anos. A prisão aconteceu na cidade do Crato. De acordo com Kamila Brito, titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do município, o tio da vítima se apresentou à Polícia, mas, como tinha um mandado de prisão em aberto, permaneceu detido.

Ele foi levado para prestar depoimento e encaminhado para fazer exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal. Em seguida, será levado para a Cadeia Pública do Crato. Segundo a delegada, todos os suspeitos vão responder por estupro de vulnerável.

Denúncia
A adolescente de 17 anos denunciou os seis irmãos do pai dela por estupros continuados durante 10 anos no Crato. Na manhã da última sexta-feira (1º), a Polícia Civil cumpriu os mandados de prisão temporária e capturou cinco deles. A violência contra a jovem começou após a morte do pai dela, quando tinha apenas 7 anos de idade. A própria vítima fez a denúncia anonimamente no fim do ano passado.

Em depoimento, a mãe da adolescente informou que ficou sabendo do crime em 2016 e, por medo, não teve coragem de fazer a denúncia. A mãe e a adolescente moram próximas aos tios no mesmo sítio. 

Os tios estão na Cadeia Pública do Crato, onde devem ficar presos temporariamente por 30 dias. O prazo, segundo a delegada, é suficiente para que se conclua o inquérito. Depois, eles ficarão à disposição da Justiça. A identidade deles foi preservada para preservar a vítima.

A adolescente já prestou depoimento na delegacia. Ela passará por um tratamento psicológico. Os suspeitos vão responder por estupro de vulnerável.   (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.