Header Ads

Apesar dos transtornos, chuvas embelezam o Cariri e demais paisagens cearenses


Cascata do Lameiro, no Geopark do Araripe. FOTO: Antonio Rodrigues
As chuvas que atingem o Ceará durante a estação chuvosa de 2019 têm embelezado o interior cearense, apesar dos transtornos causados. Na região do Cariri, a cheia do Rio Salgado aumentou o volume de água na cachoeira de Missão Velha, localizada no município homônimo, e tem atraído turistas.

O Rio Salgado faz parte da bacia do Rio Jaguaribe e suas águas abastecem o açude Castanhão, um dos maiores reservatórios do País.

De acordo com o Portal Hidrológico da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh), o volume do reservatório é de apenas 4,2% do total de sua capacidade. O Castanhão é o principal responsável pelo abastecimento da capital e Região Metropolitana de Fortaleza.

Cachoeira em Missão Velha neste sábado (6). FOTO: Lorena Tavares
Ainda na região do Cariri, no município do Crato, a cascata do Lameiro também tem atraído moradores e turistas. A paisagem se renovou com as chuvas que caíram na região.

A cascata fica no Geopark da Chapada do Araripe. Naquele mesmo local, no entanto, no dia 18 de março, um homem morreu ao tentar atravessar, a cavalo, uma passarela próxima a uma queda d’água. Ele foi arrastado pela força da água do rio Batateira, que passa pela região.

Recanto das Cachoeiras, no Maciço de Baturité. FOTO: Rômulo Costa
Na região do Maciço de Baturité, as chuvas aumentaram o volume das quedas de água espalhadas pela localidade. As paisagens estão mais verdes e o local mais propício para o banho.

O frio serrano também atrai mais turistas para a região. As quedas d’água do Recanto das Cachoeiras são algumas das opções.

Turistas e moradores que visitam quedas d’águas e cachoeiras devem redobrar os cuidados com a correnteza da água e na estrada.   (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.