Header Ads

II Seminário de Teatro do Oprimido no Cariri começa nesta quarta-feira

Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri
O II Seminário de Teatro do Oprimido no Cariri (SETOCA) será aberto nesta quarta-feira (01/04), às 16h, no Centro de Artes Reitora Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau, na Avenida Padre Cícero, 1348, São Miguel, em Crato. O evento acontecerá até 03 de maio.

O seminário nasceu das inquietações promovidas pela linha de pesquisa Teatro do Oprimido no Cariri (TOCA), em 2018, e investiga as possibilidades de atuação e contribuição da metodologia do Teatro do Oprimido (TO) na região cearense, desde 2016. A linha de pesquisa pertence ao grupo de pesquisa Pedagogias do Teatro no Cariri (PETECA), e constitui-se como uma pesquisa teórico-prática, desenvolvida através de diferentes ações desde sua criação, dentro do âmbito da pesquisa e da extensão universitária.

A segunda edição do SETOCA será realizada em comunicação com diferentes coletivos artísticos e sociais, e trará para URCA, diferentes Universidades, coletivos, grupos sociais, políticos e artísticos, em três dias de compartilhamento de experiências e fortalecimento de uma rede de praticantes do TO, método mundialmente reconhecido e criado pelo teatrólogo brasileiro Augusto Boal.

Em 2019, o seminário constituirá a continuidade das reflexões realizadas na edição de 2018, sendo mais um momento referencial para a metodologia na região do Cariri, e possibilitará o crescimento da pesquisa e da extensão.

Confira a programação: even3.com.br/setoca

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.