Header Ads

Manifestantes do Cariri protestam contra reforma da previdência nas ruas do Crato



Trabalhadores da iniciativa pública e privada, sindicatos municipais da região do Cariri, sindicalistas rurais, representantes de partidos políticos e sociedade civil participaram na manhã desta terça-feira, 30, de manifestação contra a reforma da previdência. O ato teve início em frente à sede do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), percorreu várias ruas centrais da cidade, passando pela Câmara de Vereadores e Prefeitura do Crato.

O Projeto de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019 estabelece novas regras para à conquista do benefício. Para os contrários ao projeto, as medidas atacam diretamente os benefícios sociais das pessoas mais pobres como os trabalhadores rurais e os que ganham o BPC (Benefício de Prestação Continuada), além de aumentar o tempo de contribuição e idade mínima para a aposentadoria, inclusive de mulheres, como destacou a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Barbalha, Jaqueline Filgueira.

Para o representante no Cariri da Confederação nacional dos sindicatos, OldacK Cezar, a previdência realmente precisa de uma reforma, mas uma reforma que seja justa e não beneficie as gordas aposentadorias em detrimento dos que ganham menos. Ele chamou atenção ainda para as ações do Governo Federal, que direciona recursos para que os parlamentares se posicionem favoráveis à PEC.

O presidente do sindicato dos servidores de Juazeiro do Norte, Marcelo Alves, chamou atenção da população sobre os parlamentares eleitos na região, para que eles sejam acionados e possam vetar a aprovação da PEC.

O Projeto já passou pela primeira comissão, Comissão de Constituição e Justiça, e depois de receber emendas na Comissão Especial, passará por votação no Plenário da Câmara dos deputados, onde terá que receber o voto de 3/5 dos parlamentares. O mesmo rito ocorrerá no senado e caso seja aprovada, a PEC deverá ser promulgada para entrar em vigor.        (Por Adriano Duarte - Site Badalo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.