Header Ads

Juazeiro do Norte oferece terapia ABA para crianças especiais



A Secretaria da Saúde de Juazeiro do Norte passará a ofertar, a partir desta quinta-feira (02), no Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPS i), o método de terapia ABA (Análise do Comportamento Aplicado), que possui fundamentação teórica na psicologia comportamental e se utiliza do ensino estruturado e diretivo para cada criança. 

A ABA tem por princípios o ensino de habilidades básicas e complexas para dar funcionalidade às crianças com diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista (TEA). O SUS não financia essa modalidade de terapia. No entanto, o município de Juazeiro do Norte está trazendo mais uma alternativa de tratamento para essas crianças.

“Além da terapia ABA, a gente está contratando fonoaudiólogo e fisioterapeuta para integrar a equipe multiprofissional do CAPS i. Hoje nós já temos no serviço pedagogo, educador físico e enfermeiro, além do psiquiatra”, ressalta a secretária executiva da saúde, Glauciane Torres.

Também foi implementada uma sala com serviço de atendimento multidisciplinar no Hospital Estephânia Rocha Lima, com psicólogos, assistente social, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeuta ocupacional, enfermeiros, psiquiatras, entre outras especialidades. 

“E aí não entra só o autismo, todas as nossas crianças com problemas neuro e psíquicos podem ser atendidas nesse serviço complementar. Esta sala é para estimulação precoce das nossas crianças que nasceram, por exemplo, com microcefalia em decorrência do zika vírus. Elas têm atendimento garantido na Policlínica só até os 03 anos de idade. Depois disso elas ficam sem atendimento garantido. Nós estamos montando o serviço para essas crianças terem a continuidade do acompanhamento”, explica a secretária executiva.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.