Header Ads

Biblioteca Pública Municipal de Juazeiro do Norte será reformada

FOTO: Antônio Rodrigues
A reforma da Biblioteca Pública Municipal Dr. Possidônio da Silva Bem, em Juazeiro do Norte, deverá ser iniciada até o início do segundo semestre, segundo a Secretaria Municipal de Cultura. O equipamento está fechado, passando por um período de processamento e planejamento técnico, e, ainda neste mês de junho, o edital de licitação para as obras de recuperação será publicado. 

Com o maior acervo da região – 21 mil itens –, ela é uma das oito bibliotecas polo do Ceará, representando, como referência, para 29 municípios da região do Cariri. Ou seja, ela deveria ter as melhores políticas públicas e ser modelo para as outras. 

Porém, com o passar dos anos, o prédio começou a apresentar problemas como entupimento nas calhas, infiltrações e manchas nas paredes, lâmpadas queimadas e fios de energia soltos. Além disso, o local não oferecia rampas ou elevador para cadeirantes do térreo para a área onde fica o acervo principal.

A coordenadora da Biblioteca Pública Municipal, Ana Lívia Mendes, explica que, após o incêndio no Museu Nacional, a Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte teve a preocupação de fazer vistorias em seus equipamentos. Nisso, percebeu a necessidade de realizar um projeto de combate a incêndio adequado e recuperação do prédio.

Com a reforma, também será criado um espaço dedicado aos títulos em braile e outro voltado apenas para disponibilizar as histórias em quadrinhos. A expectativa é que tudo esteja pronto até 2020.

Enquanto aguarda a reforma, o prédio está fechado e os títulos foram transferidos para o Centro de Cultura Marcus Jussiê, onde passa por um processo de informatização, ou seja, todos os dados estão sendo digitalizadas para facilitar a procura pelos usuários. Mais de 1.700 títulos já estão online. A Pasta ventila a possibilidade de transferir, provisoriamente, seu acervo para o Centro Multiuso.

Hoje, a Biblioteca de Juazeiro do Norte conta com três bibliotecárias e duas estagiárias, encaminhadas através de parceria com a Universidade Federal do Cariri (UFCA). Esta equipe também está auxiliando o trabalho de restauração das obras raras.

O equipamento, que recebe cerca de 3 mil usuários por ano, viu seu acervo passar por uma recente atualização, com aquisição de mais de 3 mil títulos. “Realizamos pesquisa com os usuários e inserimos novos títulos de livro, DVD, material em braile”, completa Lívia.         (Por Antônio Rodrigues – Blog Diário Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.