Header Ads

Demissão de mais de 3 mil funcionários da Caixa Econômica começa em julho



Mais de 3,5 mil funcionários da Caixa Econômica Federal irão sair do órgão através do Programa de Demissão Voluntária Estimulada (PDVE), a partir da próxima semana. O anúncio sobre a medida foi feito ainda em maio e faz parte de um plano de redução de custos. Em menos de três anos, a Caixa já realizou três programas de demissão voluntária, o que já teria impactado em 3,6% menos gasto com pessoal em 2018, quando 2.228 empregadores deixaram o banco.

Ainda em 2019, cerca de dois mil servidores serão admitidos. Até o momento, 325 pessoas já foram chamadas e a perspectiva, de acordo com informações da assessoria de comunicação da Caixa, é que os 1.675 restantes sejam convocados nos próximos meses. Todos fazem parte do banco de vagas de Pessoas Com Deficiência (PCD). Os funcionários estão passando pelo processo de admissão, como a realização de exames médicos, ações de integração e assinatura de contrato.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, informou que a partir do dia 5 de julho inicia o processo de desligamento dos funcionários.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.