Header Ads

Marta treina com Seleção e pode entrar em campo contra Austrália



A atacante da seleção brasileira Marte pode voltar para campo já no próximo jogo da Copa do Mundo de Futebol Feminino. A jogadora está afastada da equipe por causa de uma lesão na coxa esquerda, e não participou do primeiro jogo, contra a Jamaica, onde a seleção deu um show e fez 3 a 0, com todos os gols feitos por Cristiane.

A estrela do futebol brasileiro se machucou no último dia 24 de maio, durante o período de preparação que o time nacional realizou em Portugal, antes de seguir para a França e desde então fez tratamento intensivo para poder atuar.

Marta correu, fintou e até entrou em bolas divididas no último treino, se tornando novamente uma opção para a seleção. Durante a atividade, fez dois gols, o primeiro deles após cinco chutes consecutivos. Até então, a jogadora só vinha fazendo treinos físicos leves, em separado das colegas, ou exercícios muito leves com bola.

O próximo jogo acontece nesta quinta-feira, às 13h, e as brasileiras enfrentam as australianas, sextas do mundo, mas derrotadas na rodada de abertura pelas italianas.

“Virou um clássico. Sabemos da dificuldade que vai ser, ainda mais porque a Austrália precisa vencer”, disse a atacante Andressa Alves, em entrevista coletiva. “A Marta é muito importante para a gente. É um dos pilares da equipe, com a Formiga e a Cristiane. Vê-la com confiança, com sangue no olho, como no treino de hoje, dá um alívio. Ela faz a diferença, aumenta nossas chances de gol”, afirmou Alves.

Eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo, Marta está em sua 4ª Copa do Mundo e acumula uma final da competição, quando foi vice-campeã, em 2007. Tem também duas medalhas de prata em Jogos Olímpicos, no caso, em 2004 e 2008, e uma de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Brasil.

Caso a expectativa da torcida seja frustrada e Marta não consiga estrear diante da Austrália, é certo que ela entre em campo contra a Itália, na última rodada da 1ª fase da Copa, quando a partida será decisiva pela classificação.        (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.