Header Ads

“Mons. Ágio foi um grande exemplo para todos nós”, diz bispo do Crato em despedida



“Hoje o céu canta de alegria porque ele é um bendito. Sem dúvidas está sendo recebido nos céus com grande festa e alegria”, disse Dom Gilberto Pastana, bispo da Diocese de Crato, em despedida ao Monsenhor Ágio Augusto Moreira, nesta quarta-feira, 12.

Para o bispo, a morte do eterno Padre Ágio, aos 101 anos, nesta madrugada foi recebida com sentimento de perda, pois era bastante querido, mas também de alegria. Ele explica: “ao mesmo tempo com sentimento de alegria da ressurreição, pois nós cristão experimentaremos a realidade da morte, que não é absoluta e nem ‘rei de tudo’, o rei de tudo é a vida”.

Nascido em Assaré, em 1918, Ágio tornou-se conhecido por seu trabalho na educação e cultura ao fundar a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel) e a Orquestra Polifônica do Crato.

“Acreditamos que o Monsenhor Ágio cumpriu sua missão e foi chamado pelo Pai, por Jesus, para sua morada eterna”, diz ainda. “O grande legado que ele deixa é, sem dúvidas, é seu testemunho de fidelidade e espiritualidade, assim como seu relacionamento com o povo e o clero. Sem dúvidas um grande exemplo para todos nós”.

VELÓRIO

O corpo do Monsenhor está sendo velado na Vila da Música, no Belmonte. A missa de sepultamento está marcada para esta quinta-feira, 13, às 16h, na Capela de Nossa Senhora das Graças, também no Belmonte, a ser realizada por Dom Gilberto.             

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.