Header Ads

Namorada de Rafael Miguel depõe à polícia sobre o assassinato do ator e dos pais dele em SP



Isabela Tibcheran, namorada do ator Rafael Miguel, foi ao 98º DP na noite desta segunda-feira (10) prestar depoimento sobre o assassinato do rapaz e dos pais deles ocorrido na tarde de domingo (9), no bairro Pedreira, na Zona Sul de São Paulo. A mãe de Isabela também prestou depoimento.

Segundo a Polícia Civil, o comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, cometeu o crime por não aceitar o namoro de Rafael com sua filha de 18 anos. Ele é procurado pela polícia.

O advogado de Isabela disse que Rafael não foi pedir o aval da família para aceitar namoro. Disse que eles estavam voltando para casa e os pais do ator estavam dando uma carona para ela.

Quando chegaram na porta, foram surpreendidos pelo pai, que estava armado. Segundo depoimento de Isabela, o pai não aceitava o namoro, era agressivo, mas ela não sabia que ele estaria esperando por eles naquele momento.

Segundo o advogado, foi tudo rápido. Eles chegaram na casa para deixar Isabela. Logo, ela desceu, o pai discutiu com o jovem, atirou e na sequência atirou nos pais dele.

À tarde, Isabela foi ao velório e ao enterro de Rafael e de seus pais, João Alcisio Miguel, 52 anos, e Miriam Selma Miguel, 50 anos. Ela levou flores e chorou muito durante o sepultamento. Na saída do enterro, ocorrido no Cemitério Campo Grande, Isabela falou rapidamente aos jornalistas.

“Ele salvou a minha vida, ele foi um herói. Os pais criaram um príncipe, um anjo”, disse.

No velório, o clima era de revolta entre parentes e amigos. A prima do ator, Maria do Carmo Viana, lamentou a morte e afirmou que espera que a justiça seja feita, que ele seja encontrado vivo e pague pelo crime na cadeia.

“Eles foram lá para mostrar que eram uma boa família, que não ia explorar a filha, que ele ia ser uma pessoa que ia acrescentar na vida dela. Inclusive a namorada jamais imaginou que chegaria a esse ponto”, disse a prima.

A família do ator foi até a casa da jovem, na Estrada do Alvarenga, no bairro da Pedreira, para conversar sobre o relacionamento deles. Vizinhos disseram que Paulo chegou atirando na direção de Rafael e dos pais dele, João Alcisio Miguel, 52 anos, e Miriam Selma Miguel, 50. Em seguida, fugiu.

Segundo investigadores ouvidos pela reportagem, Paulo tem passagem pela polícia por um roubo cometido em 1990. Ele ficou alguns meses detido pelo flagrante e, depois, foi posto em liberdade.

Pelo crime foi condenado a 2 anos de prisão, mas recorreu em liberdade e a condenação foi anulada. Ainda há outro boletim de ocorrência de furto contra ele, de acordo com os policiais.

Namorada desabafa
A namorada do ator postou um texto nas redes sociais em homenagem ao namorado nesta segunda. “Tá muito difícil de assimilar, mas eu quero pensar em você como o homem iluminado que é, o homem que me orgulha, que me fez a mulher mais feliz do mundo, que me apresentou o amor de verdade, que me salvou e acreditou em mim, quando muitas vezes eu pensei em desistir”, disse a jovem.

Um dos últimos trabalhos de Rafael na TV foi o personagem Paçoca, na novela infantil ‘Chiquititas’, exibida pelo SBT. O ator também atuou na TV Globo, nas novelas ‘Pé na Jaca’ e ‘Cama de Gato’. Antes, ele havia ficado famoso pelo comercial no qual dizia “mãe, compra brócolis”.

Nas páginas pessoais de Rafael e da namorada consta que eles estão juntos desde março de 2018. Se for preso, o comerciante responderá pelos três homicídios.     (G1)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.