Header Ads

Gravado em Crato, documentário ‘O menino que fez um Museu’ será exibido no Holywood Serbia


"O Menino que fez um Museu" abre a programação no próximo sábado (27), do cinema a céu aberto do 8º Festival Internacional de Cinema da Região (www.holywoodserbia.com). O documentário dirigido pelo Jornalista Sérgio Utsch ganhou legendas no idioma local.

Na rede social, o jornalista publicou sobre o evento. “Vai ter orgulho nordestino e história de um Brasil bonito e sofrido no próximo fim de semana, nas montanhas de Rudnik, na Sérvia”.

“Pedro Lucas Feitosa e ao povo maravilhoso do Nordeste do Brasil, meu muito obrigado por ter a chance de mostrar um pouquinho da história e da cultura de vocês, que deveriam deixar todo brasileiro orgulhoso de tê-los como compatriotas”, finaliza o jornalista.

A equipe do produto audiovisual é formada por Louis Blair, Ed Coltman, Emerson Penha, Fábio Damasceno, Daniel Florêncio, Ronuery Rodrigues, Leo Hallal, Maria Eduarda Johnston, Conrado Galves, Fábia Prates e Felipe Mancini.

Sobre o Festival
Iniciado como um projeto artístico de Ivan Jakovljević, herói local e entusiasta, e guiado pela mão segura do veterano do cinema Miroslav Bata Petrović, Holywood sérvio logo ganhou sua reputação por desafiar as marés do comércio e das tendências, oferecendo diferentes programas alternativos, trazendo para iluminar as obras de cinema independente e desconhecidas de cineastas independentes na Sérvia e, assim, criar o contrapeso - a ideia que permaneceu seu princípio ao longo dos anos.

O principal objetivo do festival é a exibição e promoção de filmes independentes, amadores e profissionais, bem como reunir os autores, críticos e público em um ambiente amigável e descontraído, onde eles podem conhecer e passar um tempo de qualidade durante um evento repleto de lotes filmes para assistir e se reunir ao redor. Com isso em mente, o festival organiza o alojamento para os hóspedes do país e do exterior.

FESTIVAIS E EXIBIÇÕES
O documentário foi exibido na embaixada do Brasil em Londres e no Brasil no 21º Festival de Cinema de Tiradentes, em Minas Gerais. No próprio Museu de Luiz Gonzaga. A produção também foi exibida Universidade de Birmingham e no Festival Padova, Itália.

O MUSEU DE LUIZ GONZAGA
Quando tinha 10 anos, Pedro Lucas criou o Museu de Luiz Gonzaga, que fica no distrito Dom Quintino, zona rural do Crato. A ideia surgiu após uma visita que o garoto fez, em 2013, quando tinha 8 anos ao Museu do Gonzagão, em Exu Pernambuco. Pedro decidiu criar o próprio lugar de Exposição para homenagear o rei e o local escolhido foi a casa da sua bisavó já falecida, que fica ao lado da casa dele, na rua Alto da Antena.

O espaço reúne centenas de objetos que remetem as histórias retratadas por Luiz Gonzaga através de suas músicas e as peças foram doadas por conhecidos de Pedro Lucas. Em 2018, o local de exposição passou por reforma e ampliação como era desejo do menino. O garoto hoje participa de eventos espalhando a cultura gonzaguiana. Além disso, todos os dias ele mantém as redes sociais sempre atualizadas.

Veja o trailer do filme de Sérgio Utsch "O Menino que fez um Museu":



(Fonte: Blog Papo Reto Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.