Header Ads

Grupo vai discutir oportunidades advindas dos hubs cearenses

FOTO: Helene Santos
Dados estatísticos devem pautar as próximas reuniões do grupo Hub Ceará, conglomerado de 300 empresários e representantes de negócios que, ao longo de 2019, se encontrarão mensalmente para discutir temas de relevância para a economia cearense. Aproveitando o momento vivido pelo Estado, com destaque para os centros de conexão de voos, de rotas marítimas e do hub tecnológico, a proposta é fortalecer os entes privados e as relações com poder público e terceiro setor.

Aníbal Neves, diretor geral do grupo, explica que a combinação de acontecimentos permitem ao Estado um número ainda maior de negócios. “Nós entendemos que o turismo é uma das vertentes mais importantes de renda para o Estado e é um eixo estratégico comercial muito bom”, explica, acrescentando que o fluxo de turistas no Estado ainda conta com muito espaço para crescer.

Diante disso, Aníbal Neves espera que os dados sejam fundamentais para basear as próximas reuniões e nortear as decisões a serem tomadas pelo setor privado alinhado ao setor público. “Ao invés de achismos, nós queremos compreender estudos técnicos, focados, que nos permitam direcionar as estratégias”, diz.

Composto por representantes de vários segmentos, o grupo pretende, a partir de 2020, trabalhar uma discussão mais afunilada, a exemplo da atividade turística em determinadas regiões do Estado. O médico otorrinolaringologista Victor Gondim espera que os debates ajudem a impulsionar o turismo de negócios, sobretudo na captação de eventos na área da saúde. “É um potencial, principalmente porque no Ceará temos cérebros formidáveis e podemos trazer nomes de destaque nacional e internacional”, explica.

Para o gerente de marketing da Pardal, empresa que faz parte do Hub Ceará, o momento que o Ceará vive, sobretudo com a chegada do hub aeroportuário, representa novas oportunidades para o negócio, que hoje fornece sorvetes para a Air France/KLM. “Foi uma das portas para conseguirmos contatos”, diz.              (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.