Header Ads

População madruga por senha na Casa do Cidadão do Crato



O atendimento na Casa do Cidadão tem início às 8h, mas quem precisa de algum serviço oferecido pelo órgão, tem que madrugar. Com um número de senhas restrito e sem agendamento prévio pela internet, muita gente enfrenta o frio da madrugada, o risco de assaltos e o sol quente pela manhã, até o portão da Casa do Cidadão abrir e, depois de mais um tempinho na fila, finalmente ser atendido. Cansada de tanto descaso, a população solicita que o número de senhas seja ampliado, novos funcionários contratados e que um sistema de agendamento on-line seja implantado para facilitar a vida daqueles que precisam utilizar o serviço. 

Auxiliadora Alves teve que acordar a família toda de madrugada para conseguir tirar a carteira de identidade dos filhos. “Eu estou grávida, mas cheguei aqui antes de 3h da manhã para pegar senha. Eu acho um descaso muito grande”, desabafa a estudante. 

O aposentado Luiz Alencar conta que há dois dias tenta conseguir uma senha para que o filho tire a carteira de identidade. Ele denuncia o comércio ilegal de senhas no local. “Tem gente que dorme aqui para conseguir a senha e depois vender. É inacreditável uma cidade no porte do Crato com um sistema desses”, relata Luiz Alencar. 

Em nota, a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Crato informou que está contratando mais dois funcionários, adquiriu novos equipamentos e, em breve, fará a implantação de um sistema de agendamento on-line para evitar filas e otimizar o atendimento oferecido pela Casa do Cidadão.

(Fonte: Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.