Header Ads

Onze são presos por envolvimento em rede de agiotagem comandada por colombianos no Cariri


Delegacia Regional do Crato. FOTO: Lorena Tavares
Pelo menos 11 pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (3) durante uma operação da Polícia Civil do Ceará contra uma organização criminosa formada por colombianos suspeitos de realizar lavagem de dinheiro e agiotagem na região do Cariri cearense. O grupo, segundo a investigação, movimentou milhões de reais e parte do dinheiro era levada para o exterior.

Às 5h30 da manhã, 123 policiais foram às ruas cumprir 12 mandados de prisão, 31 e busca e apreensão e 17 para o sequestro de bens dos investigados. A operação ocorre nas cidades de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha.

Dos 11 presos, nove foram detidos em cumprimento aos mandados e outros dois em flagrante por agiotagem. A polícia também apreendeu motocicletas, carros, e R$ 20 mil em moeda nacional e estrangeira (dólar, euro e pesos colombianos).

A ação desta terça é consequente de quatro meses de investigação. A organização criminosa, segundo a polícia, movimentou milhões de reais no esquema. A quantia exata, entretanto, não foi informada. Parte de valor foi enviada à Colômbia num esquema de engenharia financeira internacional suspeita da pratica de agiotagem, lavagem de dinheiro, extorsão e ameaça.

Também há brasileiros entre os presos, conforme os investigadores, exploravam pessoas em situação economicamente vulnerável, emprestando dinheiro a juros exorbitantes. Os detalhes sobre o caso serão repassados à imprensa em coletiva a ser realizada nesta tarde.                (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.