Header Ads

Comércio de produtos de alumínio se destaca durante Romarias de Juazeiro


Romeiras de Recife escolhem produtos da loja de Joana.
FOTO: Sarah Gomes
Cidade de fé, trabalho e alumínio. Com a chegada da Romaria de Nossa Senhora das Dores, a movimentação no comércio aumenta. Para quem comercializa artigos de alumínio, o crescimento nas vendas durante esse período chega a crescer em 200%.

O motivo para o aumento das vendas é simples: o preço. A romeira Maria das Neves, de Recife, revelou que escolheu comprar produtos de alumínio em Juazeiro do Norte pelo baixo custo.

“Comprei por causa do preço, onde eu moro o preço tava no gogó”, explica. Diferente de outras cidades do nordeste, a terra do Padre Cícero concentra um alto número de fábricas de alumínios que barateia a comercialização de artigos na região.

Quase em frente à Basílica Santuário de Nossa Senhora das Dores, na rua Padre Cícero, está a loja de Joana Oliveira. A comerciante vende produtos de alumínio há cerca de 10 anos. “Eu comecei trabalhando informalmente quando eu fiquei desempregada. Aí comecei dando umas voltas com umas coisas na mão, virei ambulante, virei camelô e agora eu já tenho uma lojinha”, conta Joana.

Quando começou, Joana vendia de tudo um pouco, mas logo optou por comercializar apenas este tipo de produto. “Eu fui pro alumínio porque aqui ele era mais barato, vendia bastante e eu já tinha pegado um conhecimento no ramo”, justifica. Ela conhece outras 20 pessoas que vendem alumínio na região.

O que facilita a inserção no mercado são as condições de negociação. Com o aumento das vendas nas romarias, os comerciantes recebem uma quantidade maior de mercadorias e só pagam por elas depois de um prazo de vendas pré-estabelecido.

A Romaria de Nossa Senhora das Dores acontece até 15 de setembro. "A devoção do Padre Cícero ao Sagrado Coração de Jesus" é o tema escolhido pela Comissão Diocesana de Romana para os festejos deste ano.

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.