Header Ads

Agricultura orgânica é desenvolvida em comunidade de Juazeiro

FOTO: Lino Fly
A Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Seagri) de Juazeiro do Norte desenvolve um projeto de agricultura sintrópica e sistema agroflorestal no Condomínio de Produção Familiar Dona Bia, localizado no sítio Jurema, Zona Rural do Município.

Ao todo, participam do projeto 13 famílias, todas descendentes de Maria Ferreira Gonçalves, conhecida como Dona Bia.

Em uma mesma área, foi implantado um sistema onde várias culturas são realizadas ao mesmo tempo. Hortaliças diversas crescem em meio à frutíferas como bananeiras, mamoeiros, entre outras.

O trabalho teve início há três anos, quando a comunidade recebeu curso prático de implantação de sistema agroflorestal. De lá para cá, a Seagri vem realizando acompanhamento técnico e dando orientações a respeito de plantio, cuidados, manejo do solo e colheita dos produtos.

Produção 100% orgânica
O Secretário de Agricultura e Abastecimento de Juazeiro do Norte, Romão França, destaca que a seriedade do trabalho realizado pelas famílias e o trabalho desenvolvido pela Seagri produzem bons resultados. Um deles, consiste em uma visita, por parte da comissão de orgânicos do Estado do Ceará, composta por diversos órgãos ligados ao setor, que virá a Juazeiro do Norte no próximo dia 11 de dezembro para conhecer o trabalho desenvolvido.

“Nós temos feito um trabalho diferenciado nessa comunidade, com acompanhamento e assistência técnica completa. Todos os técnicos dão assistência de forma permanente. Nosso sonho é contribuir para melhorar a qualidade de vida, levando uma produção saudável para a comunidade juazeirense", ressalta.

A agricultora Joaninha lembra que a iniciativa abriu as portas para entrada de novos conhecimentos e que, com eles, os resultados têm sido bem melhores, tanto para ela, como toda a família. Ela ressalta que essa foi a oportunidade que faltava para que aqueles agricultores não tivessem que abandonar a terra em busca de emprego na cidade. “Agora, temos trabalho e renda para toda a família. Eu creio que a tendência é só melhorar. O agricultor está focando no seu trabalho na zona rural e, sem a zona rural, a cidade também não sobrevive”, comenta Joaninha.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.