Header Ads

Cineasta sofre ataque nas redes ao postar foto do Padre Cícero com maquiagem do personagem Coringa



Imagem do Padre Cícero com filtro que simula maquiagem do personagem Coringa repercute na região do Cariri. A imagem foi publicada pelo cineasta Ravi Carvalho em homenagem ao Dia do Nordestino, mas causou incomodo entre os fiéis, que bombardearam as redes sociais com mensagens de indignação e ódio.

Ravi declara que a intenção da publicação era homenagear a data “com duas figuras icônicas, um nordestino e um personagem que está no topo das notícias atualmente”. Personagem marcante das histórias em quadrinhos, o Coringa ganhou um novo filme recorde de bilheteria, lançado na última quinta-feira (3).

Contudo, a reação de pessoas que não seguiam as redes sociais do cineasta o surpreendeu. Incomodados, alguns fiéis do Padre Cícero comentaram que a publicação era uma “blasfêmia” e “profanação” desnecessária. 

Outros registraram ofensas e ameaças nos comentários da publicação. “Talvez alguns não saibam, mas muita coisa do que estão dizendo é crime e acho que é meu dever tomar as medidas cabíveis”, diz Ravi, que considera tomar medidas jurídicas contra os autores dos comentários mais ofensivos.

O cineasta não se considera católico, mas diz ter profundo respeito pela figura de fé do Padre Cícero e sua importância histórica para a região do Cariri. “Minha relação com o Padre Cícero existe desde o nascimento”, confessa. A imagem fotografada do Padre Cícero pertencia à avó materna do cineasta e é mantida em seu local original pela família, “onde luzes o iluminam 24 horas por dia, mesmo após a morte de minha avó”.

Publicar comentários na internet que prejudicam e ofendem outra pessoa é crime. De acordo com o Código Penal Brasileiro, o ato pode ser classificado como calúnia (art. 138), injúria (art. 140) e ameaça (art. 147). 

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.