Header Ads

Coleta prejudicada: 300 trabalhadores estão parados por acúmulo no lixão de Juazeiro do Norte


FOTO: Normando Sóracles
Cerca de 300 trabalhadores do lixão de Juazeiro do Norte continuam parados por conta do acúmulo de lixo no local. Desde esta quarta (23), caminhões carregados após a coleta urbana estacionaram próximo aos portões e não despejaram os resíduos por falta de espaço.

A máquina que espalha o lixo está inutilizada, o problema já havia ocorrido há cerca de dois meses e acarreta também no comprometimento da coleta de lixo em domicílios.



FOTO: Normando Sóracles
Homens e mulheres que trabalham no local se dizem prejudicados com a situação. Por semana, alguns chegam a lucrar R$ 300,00 com a venda do material coletado no lixão, sem trabalho pela falta de material, alegam que nos próximos dias não chegarão a ganhar R$ 100,00 ao final da semana.

Nenhum representante da MXM - empresa responsável pela coleta - foi localizado para prestar esclarecimentos. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, que foi ouvida pelo Miséria, a responsabilidade é exclusiva da empresa, e que os repasses da prefeitura estão regularizados.

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.