Header Ads

MPCE poderá pedir impugnação no Conselho Tutelar de Juazeiro ainda nesta sexta, 11



Após cinco dias da eleição para conselheiros tutelares em Juazeiro do Norte, o Ministério Público finaliza a análise das atas do último domingo (6) e não descarta pedir a impugnação de conselheiros eleitos. A informação é do promotor de Justiça Flávio Corte, que acompanha o processo eleitoral, as provas submetidas aos pré-candidatos e estava presente durante a apuração dos votos.

Informações internas, extraoficiais, indicam que houve compra de voto em ao menos duas candidaturas. Uma delas teria sido amparada financeiramente por um vereador de Juazeiro do Norte. Dez pessoas foram eleitas para os dois conselhos no município, o salário bruto é de R$ 3 mil, com um mandato de quatro anos e posse prevista para o dia 10 de janeiro de 2020.

Até o final desta sexta-feira a promotoria de Juazeiro do Norte deverá divulgar o relatório de análise das atas. O Dr. Flávio Corte afirmou que no dia das eleições foram registradas ocorrências que podem fugir das normas do edital.

Ceará
O MPCE já pediu oficialmente a impugnação de cinco candidatos no município de Pentecoste, e mais cinco em Guaraciaba do Norte. Em Pentecoste,  na sessão na Câmara de Vereadores, no dia seguinte à eleição, alguns parlamentares deixaram claro que apoiaram diretamente determinados candidatos, de forma que violou o edital e ofícios expedidos pelo MP.

Em Guaraciaba, segundo a promotora de Justiça Ana Beatriz Pereira, candidatos violaram as regras do Edital 001/2019 e da Resolução 003/2019 do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) que trata da propaganda durante o período eleitoral, além de outras condutas incompatíveis com o cargo, como a falta de idoneidade moral.

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.