Header Ads

Edifício em Fortaleza é interditado após laudo apontar colapso em estrutura

FOTO: Isanelle Nascimento

O Edifício Ana Cristina Holanda, localizado na Rua Barão de Sobral, no Bairro Montese, foi interditado pela Defesa Civil de Fortaleza na manhã desta quarta-feira (6). O prédio com cerca de 40 anos tem 12 apartamentos, todos alugados, e está com duas caixas d´água colapsadas, segundo apontou um laudo feito por engenheiros contratados pela proprietária do imóvel. 

Alguns moradores já saíram do prédio, mas outros dizem não ter para onde ir. Com a voz embargada e as mãos tremulas, a autônoma Aracelia de Almeida, de 54 anos, apoiou-se no ombro de um dos agentes da Defesa Civil e no de outra moradora quando soube que precisaria sair do local onde mora há 19 anos.

"Pegou a gente de surpresa, vieram ontem à noite. Ninguém estava sabendo. Eu já estava procurando casa, mas as outras vizinhas não estavam procurando, achando que a gente ia ter mais um prazo. A gente não tem condições de sair hoje. Não temos porque não tem casa pra gente ir agora", conta Aracelia.

Interdição
Segundo o coordenador da Defesa Civil de Fortaleza, Luciano Agnelo, três equipes do órgão fazem o trabalho de retirada dos moradores e a remoção de móveis dos apartamentos. Ele explicou que a dona do imóvel tem 72h para informar o que vai ser feito do local, se passará por manutenção ou se será demolido. 

"Através dos nossos relatórios e de um laudo de um engenheiro contratado pela dona do edifício, a gente viu que realmente a situação era crítica e que precisaria nesse momento fazer a evacuação e interdição dos moradores do local", afirmou o coordenador.

Ainda de acordo com o agente, não foi possível dar a nenhum morador a possibilidade de assinar um termo de responsabilidade para ficar no local.                    (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.