Header Ads

Pesquisadores do Cariri criam óleo e xampu de cenoura para tratamento de queda de cabelo

A pesquisa utiliza as cenouras cultivadas no próprio CVTEC, que eram rejeitadas pelos consumidores por conta da aparência. FOTO: Antônio Rodrigues
Uma pesquisa desenvolvida por acadêmicas do curso de Meio Ambiente do Centro Vocacional Técnico (CVTEC), do Instituto Centro de Ensino Tecnológico de Barbalha, está produzindo óleo e xampu de cenoura para tratamento capilar. Após dois anos de pesquisas, os produtos estão em fase de testes sensoriais em salões de beleza e feiras da região do Cariri e Fortaleza. Em 2020, um estudo laboratorial indicará a eficácia do trabalho. 

Além de contar com vitaminas A, B, C e K, e sais minerais como potássio, sódio, cálcio e magnésio, a cenoura possui betacaroteno, que contribui para preservar o colágeno, ajudando a manter a pele e os cabelos saudáveis. “Evita a queda e hidrata o cabelo”, conta a professora Regina Cassundé, coordenadora do projeto.

O trabalho utiliza as cenouras cultivadas de forma orgânica no próprio campus do CVTEC. A professora Regina Cassundé decidiu reaproveitar os legumes que acabavam rejeitados pelos consumidores por conta da aparência cheia de ramificações. “O solo do Cariri não é favorável para a cenoura orgânica”, admite.


Frascos do xampu e do óleo de cenoura produzidos no CVTEC, foram entregues a salões de beleza para testes. FOTO: Antônio Rodrigues
Com a ajuda de três estudantes, monitoras do projeto, as cenouras são lavadas e têm retiradas suas raízes e ramificações. A partir daí, são cortadas em pequenas tiras e misturadas a óleo de girassol. Disso, seguem em recipiente para serem resfriadas por 48 horas em temperatura abaixo de 0º C. Desta forma, é garantida a melhor extração da vitamina B2, fundamental para o tratamento capilar.

Diante dos bons resultados obtidos nos testes sensoriais, frascos do óleo foram entregues para salões de beleza de Barbalha e aplicados nos cabelos de clientes. “Hoje, as cabeleireiras pedem sempre”, conta a estudante Suely Gonçalves. 

Questionários realizados com usuários dos produtos mostram resultados positivos na redução da queda e na hidratação do cabelo, e na sensação de sedosidade dos fios. “Os testes foram um sucesso!”, enfatiza a professora. 

Os óleos estão disponíveis para venda na Feira de Economia Solidária de Barbalha, que acontece na sede da Escola de Saberes, todas as sextas-feiras. Cada frasco de 35 ml custa R$5. O dinheiro ajuda a bancar o cultivo das cenouras. Já o xampu ainda não tem previsão para ser comercializado.

(G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.