Header Ads

Planejamento Regional em Saúde discute estratégias para 45 municípios do Cariri


Cerca de 250 gestores da Saúde da Macrorregião do Cariri estiveram reunidos nesta quinta (21) e sexta-feira (22) na 2ª Oficina do Planejamento Regional em Saúde, que conta com a participação de técnicos, coordenadores regionais e secretários de saúde de 45 municípios do Estado. O secretário-executivo de vigilância e regulação, Marcos Gadelha, ressaltou a importância de diálogo entre os municípios para a integração da Redes de Atenção à Saúde (RAS).

“Muitas vezes o trabalho acontece de forma fragmentada, o município fazendo a parte dele na Atenção Primária e o Estado na Atenção Especializada. E no final das contas o paciente precisa de atenção integral. Então, se o paciente for encaminhado para um serviço de atenção básica e precisar migrar para um serviço de atenção terciária, esse fluxo tem que ser contínuo e ininterrupto. Esse processo só acontece se nós, Estado, Município e União trabalharmos juntos, planejarmos juntos, para termos objetivos comuns e a partir daí oferta dentro daquilo que a gente definiu”, destaca o secretário-executivo. 

Planejamento 
Durante a oficina, os participantes discutiram o cenário assistencial e as RAS relacionando qualidade e resolutividade dos serviços de saúde, como consultas especializadas, exames de apoio ao diagnóstico, cirurgias eletivas, terapias especializadas, internações das unidades de urgência, entre outros serviços de saúde.

Para o secretário de saúde do município de Várzea Alegre, Ivo Leal, o encontro é uma oportunidade para planejar baseado-se na realidade dos municípios. “O sistema é muito importante, mas ele precisa ser desenhado baseado nas necessidades e não em expectativas. Com essa aproximação temos como encontrar oportunidades de melhoria”, salienta. 

“Essa nova proposta está fazendo com que a gente analise o problema com um olhar na macrorregião. Além de colocar a atenção básica, a secundária e alta complexidade para dialogar. O serviço para a população deve acontecer de forma mais eficiente”, ressalta Georgia Xavier, coordenadora de Cres de Juazeiro do Norte. 

Próximo encontro 
A terceira etapa acontecerá também em Juazeiro do Norte, nos dias 5 e 6 de dezembro, tendo em vista a elaboração de um Plano de Ação para a Região do Cariri, considerando as ações assistenciais e a solução de problemas identificados durante o Planejamento Regional em Saúde.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.