Header Ads

Sonho de uma Noite de Verão, em versão caririense, estreia na UFCA

FOTO: Joedson Kevin
O clássico inglês Sonho de uma Noite de Verão, de William Shakespeare, ganhou uma versão inédita caririense. A estreia do espetáculo será nesta quinta-feira, 7 de novembro, às 17h, no Pátio do campus Juazeiro do Norte, da Universidade Federal do Cariri (UFCA). A apresentação faz parte da programação do Primeiro Festival UFCA de Cultura e contou com o apoio institucional da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), por meio do projeto Laboratório Cênico e do edital de ações culturais de iniciativa da comunidade acadêmica.

A narrativa foi adaptada para a linguagem de cordel, característica da Região. Existem também diversos elementos que remetem à cultura caririense, como mateu, fadorinhas, soldadinho do araripe, coco, maracatu, música cabaçal e forró. Na peça, o público terá a oportunidade de ver um espetáculo de rua que reúne dança, teatro, circo e música. Toda diversidade do projeto foi construída com pesquisas e vivências com mestres de cultura do Cariri.

Ao todo, 21 pessoas estão envolvidas na produção da peça. São 16 pessoas no elenco (15 estudantes da UFCA e um estudante de Teatro da Universidade Regional do Cariri); dois diretores (um servidor técnico e um docente da UFCA); dois bolsistas (estudantes) e um bolsista voluntário (servidor técnico).

A equipe também contou com o apoio do Carroça de Mamulengos, grupo cênico do Cariri, para a confecção do material teatral, como bonecos, máscaras e outros adereços.

Próximas apresentações
De acordo com Cleiviane Vasconcelos, servidora da UFCA e uma das produtoras do espetáculo, é a primeira vez que a peça será apresentada na íntegra. Em junho, houve um ensaio aberto na Comunidade do Gesso, no Crato, mas o elenco não fez a apresentação completa.

Na manhã do dia 19 de novembro, uma apresentação está marcada para ocorrer no Centro de Artes Marco Jucier, em Juazeiro do Norte, com horário ainda a definir. Conforme Cleiviane, o grupo também recebeu convites de algumas secretarias de cultura de cidades vizinhas, mas nenhuma data foi fechada ainda.

Sinopse
Helena ama Demétrio, que ama Dora, que ama Lisandro que também ama Dora. A ciranda amorosa dos jovens casais é a trama que dá o desfecho para toda a história. Quando os apaixonados decidem fugir para a Chapada do Araripe, surgem tramas paralelas de amores, intrigas, confusões e trapaças. Com músicas autorais, e adaptação para o cordel, o espetáculo busca referências na cultura do Cariri cearense. Tem seres encantados, cangaceiro, vaqueiro e banda cabaçal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.