Header Ads

80% da produção de pequi é perdida em incêndio na Floresta Nacional do Araripe

FOTO: TV Verdes Mares Cariri
31 de dezembro de 2019

Há mais de uma semana, um incêndio de grandes proporções devasta áreas na Floresta Nacional do Araripe, entre os municípios de Barbalha e Jardim. Estima-se, segundo o coordenador dos brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Vicente Moreira, que quase 2 mil hectares foram consumidos pelo fogo, o que corresponde a 2 mil campos de futebol.

De acordo com Verônica Figueiredo, chefe da unidade da Flona, uma área expressiva da produção de pequi foi perdida. 

“A área queimada é a área de maior produção de pequi, pois é o local mais expressivo para a produção. 80% de toda a produção foi embora com essa queimada. Então, vai ser um prejuízo socioambiental, principalmente para aquelas comunidades que vivem da coleta de pequi naquele entorno. Pra diversidade biológica a gente nem calcula o tamanho do problema que será para esta área”, afirmou. 


FOTO: TV Verdes Mares Cariri (registro feito na semana passada, quando o fogo ainda estava sem controle)
Apesar do cenário de destruição e do fogo já ter sido controlado em alguns pontos da floresta, 90 pessoas, entre brigadistas do ICMBio, militares do Corpo de Bombeiros, Ibama, ex-brigadistas voluntários e bombeiros civis continuam atuando no combate aos focos de incêndio. Moradores das comunidades próximas também estão colaborando. 

Devido a essa grande tragédia ambiental, coletores de pequi e comerciantes já acreditam que com a escassez, o fruto deve sofrer uma elevação nos preços.

Este é um dos maiores incêndios da história da Floresta Nacional do Araripe.

(Fonte: Caririceara.com)

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.