Header Ads

Órgãos querem retomar setor calçadista em Juazeiro após uma década


Referência nacional como produtora e exportadora de calçados no passado, Juazeiro do Norte quer retomar o crescimento da indústria no setor, que na última década enfrenta quedas significativas. Um seminário ocorrerá nesta terça (3), organizado pela prefeitura, Governo do Estado, Sindindústria e Sebrae. “Pólo de Calçados do Cariri – Retomada do Crescimento” será às 16 horas, no Palácio da Microempresa, próximo ao Vapt-Vupt. 

Estão previstas as palestras “Ceará Veloz”, com a Secretária Executiva da Indústria, Roseane Medeiros, “Tecnologias Estratégicas como Diferencial no Setor Calçadista do Cariri, com Sérgio Knorr, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e “Oportunidades do Mercado Internacional para o Segmento de Calçados do Cariri, com Sérgio Ferreira, da APEX BRASIL NE, e Aline Maldaner, da ABICALÇADOS. 

Em 2011 Juazeiro do Norte tinha mais de 200 fábricas de calçados. A demanda começou com as conhecidas sandálias japonesas e, há cerca de 10 anos, a cidade era o maior produtor do norte e nordeste, e o terceiro maior do país, atrás apenas de Franca (SP) e Novo Hamburgo (RS). 

De acordo com o estudo Análise em Comex – Municípios, realizado pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará – FIEC – o volume de exportações de calçados acumulado, no primeiro semestre de 2019, foi de US$ 252. 824, representando um aumento de quase 62% em relação ao mesmo período de 2018. 

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.