Header Ads

Pelo menos oito cidades do Ceará terão queima de fogos silenciosa no Réveillon

FOTO: Fabiane de Paula
Pelo menos oito cidades do interior do Ceará terão queimas de fogos silenciosas neste Réveillon. As prefeituras de Quixadá, Ibicuitinga, Morada Nova, Pacoti, Aracati, Guaramiranga, Paraipaba e Paracuru anunciaram que o show pirotécnico da virada de 2020 seria menos barulhento, com menos impactos aos animais domésticos. 

No caso de Guaramiranga, no Maciço de Baturité, a decisão de uma festa silenciosa partiu do Ministério Público do Ceará (MPCE). Por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Prefeitura e o MPCE, ficou proibida a utilização de produtos que emitam barulhos em excesso, inclusive em eventos particulares. Já a cidade de Sobral, a maior da região Norte do Estado, não realiza queima de fogos nenhuma desde 2018, conforme uma lei aprovada na Câmara Municipal.

Em Quixadá, a decisão foi tomada após o pedido de um morador nas redes sociais. "Será sem dúvidas um espetáculo radiante, ainda mais belo do que os tradicionais, não só pelo brilho e magnitude, mas pelo cuidado e preocupação com crianças com sensibilidade auditiva, idosos e animais", afirma a nota. 

A poluição sonora dos fogos causa um grande desconforto aos animais domésticos, garante o médico veterinário André Medeiro. "No caso dos cães, que além de olfato, têm audição mais sensível, a percepção sonora é 100 vezes superior a de um ser humano. Se um segundo já é o suficiente para atormentar esses animais, imagina alguns minutos, a festa acaba se tornando um pesadelo para eles", explica o especialista. 

Para uma queima de fogos silenciosa, os artefatos químicos devem ser lançados sem as bombas de arremesso. Dessa forma, os fogos queimam gradativamente, não causam grandes explosões e não atingem alturas elevadas.                 (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.